PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Agora vai?

| Ex-Nacional | Fortaleza encaminha a contratação do volante uruguaio Santiago Romero, o terceiro estrangeiro do Leão em três anos. Antecessores, no entanto, não impressionaram

01:30 | 12/01/2019
SANTIAGO Romero chegou a ser cogitado para a seleção uruguaia pela imprensa REPRODUÇÃO/Twitter
SANTIAGO Romero chegou a ser cogitado para a seleção uruguaia pela imprensa REPRODUÇÃO/Twitter

Pelo terceiro ano seguido, o Fortaleza deve começar a temporada com um estrangeiro no elenco. Depois de Gastón Filgueira e Germán Pacheco, a nova aposta tricolor atende pelo nome de Santiago Romero. O meio-campista uruguaio, de 28 anos, está acertando a transferência e deve ser anunciado nos próximos dias pelo Tricolor.

 

Em entrevista à rádio Sport 890, do Uruguai, o empresário do jogador, Nelson Ferro, confirmou a transferência e informou que Romero chega ao Brasil até o início da próxima semana para se apresentar ao Leão. O POVO apurou que a negociação está adiantada. Oficialmente, a diretoria desconversa, mas admite o interesse na contratação. Ainda não se sabe o tempo de contrato e se o vínculo é em definitivo ou por empréstimo.

GASTÓN lutou por titularidade, não conseguiu e pediu para sair em 2017 Mateus Dantas
GASTÓN lutou por titularidade, não conseguiu e pediu para sair em 2017 Mateus Dantas
SAVOIA nem chegou a entrar em campo em 2012 FABIO LIMA
SAVOIA nem chegou a entrar em campo em 2012 FABIO LIMA
GERMÁN Pacheco jogou 71 minutos pelo Leão em 2018 MATEUS DANTAS
GERMÁN Pacheco jogou 71 minutos pelo Leão em 2018 MATEUS DANTAS

Caso a contratação se confirme, Romero terá a chance de melhorar a imagem dos sul-americanos que jogaram no Fortaleza. Ele poderá ser o nono da história do time e nenhum dos antecessores deixou grande marca.

 

Certo é que o uruguaio tem bagagem no futebol. Também conhecido como Santi Romero ou "el Colo", o volante tem trajetória marcante no Nacional-URU, onde atuou por sete anos. Do clube de Montividéu, saiu por duas vezes, para empréstimo no Deportes Iquique, do Chile, em 2013, e no Rosario Central, da Argentina, em 2017. Ano passado, disputou 44 partidas e marcou cinco gols. No currículo, constam três títulos uruguaios e uma Copa do Chile.

 

Segundo a imprensa a uruguaia, Santi tem como características o chute de fora da área, a boa infiltração dentro da área e tem um histórico de marcar gols em jogos importantes. "Garra, coragem, coração, esforço, senso de pertencimento e objetivos são a marca registrada de um jogador que deixa tudo em campo e também contagia companheiros", descreve Enrique Arrillaga, em texto publicado no diário Ovación, do Uruguai.

 

Em conversa com a reportagem, o jornalista uruguaio Jorge Savia destaca que Santiago é um jogador de alto nível e que, nos últimos anos, a imprensa uruguaia vinha cobrando a presença dele na seleção do País. Outro ponto forte do atleta é a versatilidade.

 

"Santiago é um jogador de muita força física. É um volante marcador, mas  que tem ótimo chute de fora da área e é conhecido por fazer gols importantes, decisivos, em clássicos uruguaios contra o Peñarol, especialmente. Não tem grande velocidade, mas pode atuar também como lateral direito, como já fez aqui no Nacional", declarou Savia, que trabalha para o Portal Ecos, La Oral Deportiva 970 e VTV Uruguay.

 

Em 2018, Santiago Romero marcou dois gols na Taça Libertadores, decisivos para a eliminação da Chapecoense, na primeira fase do torneio. Dois anos antes, havia aprontado contra outro brasileiro e na mesma competição, ao marcar no empate em 2 a 2 contra o Corinthians, no jogo que marcou a eliminação do time paulista, na fase de oitavas de final.

 

Até agora, o Fortaleza anunciou dez contratações no ano: goleiro Felipe Alves; laterais Carlinhos e Diego Ferreira; zagueiro Patrick; volante Paulo Roberto; meias Edinho e Madson; atacantes Júnior Santos, Pedro Júnior e Matheus Alessandro.

 

Estrangeiros 

 

ex-Fortaleza

Fred (Alemanha - atacante - 1938)

Vicy (Angola - volante - 1995)

Marcelo Escudero (Argentina - meia - 2003)

Aluspah Brewah (Serra Leoa - atacante - 2005)

András Dlusztus (Hungria - volante - 2007)

Dario Gigena (Argentina - atacante - 2007)

Hurtado (Colômbia - volante - 2008)

Jorge Sotomayor (Argentina - zagueiro - 2009)

Jonathan Guerazar (Argentina - meia - 2009)

Gustavo Savoia (Argentina - atacante - 2012)

Gastón Filgueira (Uruguai - lateral-esquerdo - 2017)

Germán Pacheco (Argentina - atacante - 2018)

BRUNO BALACó