PUBLICIDADE
Jornal

ESPINHA DE TUBARÃO

01/02/2019 03:47:30

- CONVENHAMOS. Tabu de 18 anos que o Fortaleza não vence o CSA, tanto faz aqui, quanto lá, talvez seja caso inédito no mundo. Virou para o Tricolor uma irremovível espinha de tubarão atravessada na garganta. Jogo de segunda, Castelão, mistura de laxante e purgante já viram que resultado deu - insípido, inodoro, sem graça 0 a 0 que qualquer torcedor abomina além de odiar.

OLHO CLÍNICO

- SABEM qual a diferença do Fortaleza que dá seus primeiros passos em 2019 para aquele que foi campeão brasileiro da Série B? Do tamanho de um abismo.

- NUNCA em sua existência até mesmo quando jogava Rogério Ceni suou tanto na área técnica, ponto de ensopar a camisa. Precisou, final do jogo, trocá-la por uma branca que ele sempre leva de reserva.

- IMPROVISAÇÃO de Derley, vá lá que seja, pois quem atua na cabeça da área, faz a zaga central sem tanta dificuldade. Contudo, estreia de Carlinhos na lateral esquerda, perdeu feio pra Bruno Melo. Nem parecia o jogador veterano que é.

- NÚMERO de ingressos ressarcidos pela diretoria, promessa do presidente Marcelo Paz, aos que não puderam comparecer segunda, pois compra pra domingo, em torno de 80, motivo pelo qual renda e público atrasaram em torno de 20 horas.

- ATAQUE de anões que Fortaleza tem (Edinho, Éderson, Júnior Santos), razão cabe ao Ceni de morrer de saudade do Gustagol, aliás, já artilheiro do Corinthians, confirmando tese do grande Moésio Gomes, 40 anos atrás - artilheiro que faz gol aqui fará em qualquer lugar.

- DAS novas caras, embora não tão nova assim em idade, bem entendido, Paulo Roberto. Muito rodado no futebol, provou por qual razão foi titular durante bom tempo no Corinthians.

- TÉCNICO Ceni fez a revelação. Já que não há no mercado um camisa 10 disponível e o Atlético Mineiro não quer soltar Dodô, jeito é esperar que o baixinho Madson perca os quase 10 quilos que acumulou, inconcebível para um jogador profissional.

- CSA, bom time, enquanto retranqueiro, arma principal usada pelo técnico Marcelo Cabo. Mas se intenção era não perder e manter o tabu, missão cumprida.

- QUEM pergunta quer saber - de onde se originou o termo "tabu" no futebol? Até hoje, todas as versões que me apresentaram, simplesmente nenhuma me convenceu...

PALAVRA FACULTADA

- FINALMENTE diretoria do Ferroviário veio a público, oficialmente, pra revelar, através do vice Newton Filho, o real valor da venda do mando de campo de jogo com Corinthians, Copa do Brasil, transferindo do Castelão para Londrina.

- VALOR anunciado - R$ 450 mil livres. Dinheiro já ouvindo a conversa nos cofres corais. Uma boa bolada, ninguém duvida, pois isento de todas as despesas.

- PROTESTOS trovejaram. Em vão. Diretoria coral levou em conta dois fatores. Se partida fosse aqui, o Corinthians levaria 40% mesmo se fosse o perdedor. Ao Ferrão caberiam 60%

- ENTRE o certo e o duvidoso, isto é, o que tocasse ao Ferrão jamais chegaria aos R$ 450 mil, preferiu optar por vender o mando de campo. Fez bom negócio, por este ângulo.

- O QUE poderia compensar seria o caso de o Ferrão ganhar outra bolada pra participar da próxima Copa do Brasil, em 2020. Infelizmente, perdeu a chance pois este dinheiro irá (quase certo) para o Barbalha, com a mão na taça da primeira fase do Estadual.

PARTES INTOCÁVEIS

- GESTÃO dos clubes - Ceará e Fortaleza - até que o Castelão seja outra vez arrendado, Governo do Estado terá direito a 10% do bruto.

- ESTRANHA-SE que a FCF, que nada tem a ver com a badalada gestão compartilhada, tenha direito a 5% também do bruto.

- DUAS, uma. Ou Ceará e Fortaleza resolveram dar por conta própria ou a FCF vai mal das pernas financeiramente.

- ENTRE as duas hipóteses cravem a primeira, aquele do por conta própria. Como a história não está bem explicada, fácil concluir que aí tem coisa...

DISSE QUE DISSE

... ATÉ hoje o DM do Ceará não explicou a contusão de Quixadá, que desde novembro não joga. Aquela versão do adutor avariado engole-se, mas não entra... /// LISCA lança o desafio - Roger, a quem apadrinhou, será o grande artilheiro do Brasileirão. Quem tem padrinho forte é assim, sequer vai à pia batismal... /// INCRÍVEL. Jogo Fortaleza x CSA, goleiro de cada lado, apenas uma defesa. O resto do jogo todo foi retranca de um lado e do outro e a bola, coitada, sendo triturada e esmagada...

TAGS