PUBLICIDADE
Jornal
Inquérito.

Morte de Roni segue sob investigação da Polícia

01/02/2019 03:49:05

A morte de Ronierbson Gomes e Silva, em novembro, ainda é investigada pela Polícia. A família denuncia que o ex-intérprete do mascote Tutuba, do Ferroviário, foi vítima de espancamento. Inicialmente, acreditava-se que ele falecera em decorrência de acidente de trânsito.

Segundo a irmã de Roni, Vitória Gomes, o delegado do 7º Distrito Policial, no Pirambu, informou à família que o inquérito foi concluído e enviado à Justiça. Ela foi orientada a acompanhar o caso no fórum Clóvis Beviláqua.

Segundo Vitória, testemunhas relataram que as agressões teriam sido iniciadas em uma pizzaria, logo após o acidente. De acordo com o relato, Roni teria pedido ajuda e, em seguida, o dono do restaurante chamou uma viatura. Os policiais teriam, então, continuado o espancamento.

Vitória informou que a Controladoria Geral de Disciplina (CGD) já identificou os policiais suspeitos no caso. A última informação oficial, divulgada em dezembro pela Polícia Civil, dizia que que o resultado do laudo cadavérico foi entregue à autoridade policial e que a investigação seguia em andamento.

TAGS