PUBLICIDADE
Jornal

Início sem Pressão

| Largada | Ceará estreia na Copa do Nordeste como grande favorito diante do o atual campeão, Sampaio Corrêa-MA. Alvinegro aposta no entrosamento para vencer

CEARÁ deve manter base do time do ano passado, somado a dois reforços entre os titulares
CEARÁ deve manter base do time do ano passado, somado a dois reforços entre os titulares

O palco onde a angústia da temporada passada teve fim é o mesmo que o Ceará, cheio de expectativas, inicia 2019. Hoje à noite, o Vovô vai voltar a jogar no Castelão 46 dias depois de empatar sem gols com o Vasco da Gama na última rodada da Série A do Brasileiro, resultado que garantiu permanência do clube na elite nacional. O compromisso desta vez, no entanto, é pela Copa do Nordeste, contra o Sampaio Corrêa-MA, marcado para as 20 horas.

O técnico Lisca tem, enfim, a grande chance que sempre quis em Porangabuçu de iniciar trabalho participando da montagem do elenco. Passaram pelo crivo dele a decisão de renovar com toda a defesa titular e a contratação de cada um dos reforços. O esquema tático e o comportamento do time em campo, no entanto, devem ser os mesmos que salvaram o Ceará de uma degola que parecia iminente.

No Nordestão, diferente da Série A, o Vovô entra com status de favorito - ao lado de Fortaleza e Bahia. Além de já ter conquistado título desde que a competição passou a ter chancela da CBF, o Alvinegro tem um dos maiores investimentos da competição e elenco com peças que despertaram interesses de grandes clubes do País. Tudo isso faz com que, apesar de o adversário de estreia ser o atual campeão nordestino, o Vovô seja grande favorito para o jogo.

O ponto que pode dar equilíbrio entre as equipes é a preparação física. Enquanto a Bolívia Querida treina desde o meio de dezembro, o Vovô tem apenas 13 dias de pré-temporada. A pouca quantidade de treinos físicos terá de ser superada com entrosamento. Por isso, Lisca manteve a base do time do ano passado e vai apenas enxertar alguns reforços.

Dos contratados, apenas Felipe Baxola e Vitor Feijão devem começar jogando. Fernando Sobral e Willie correm por fora. Apesar das investidas do Santos e do interesse do atleta em se transferir para a equipe paulista, Everson será o primeiro da escalação alvinegra.

O adversário vai apostar num jogo de segurança, evitando se expor muito e tentando surpreender em contra-ataques. O técnico do Sampaio é Flávio Araújo, cearense que sabe bem o que é jogar no Castelão e contra os times de massa do nosso futebol. Em campo, ele tem uma peça que também está acostumada com a pressão de times e torcidas locais.

O atacante Maxuell, revelado pelo Ferroviário, é o homem de frente da Bolívia. A missão dele será aproveitar bem as chances que tiver para balançar a rede do Vovô e depois o restante do time proteger o resultado. "Somos realistas, sabemos que o favoritismo é do Ceará, mas temos condições de surpreender", disse Flávio Araújo.

BRENNO REBOUÇAS

TAGS