PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Importância nunca vista

|TAÇA| Fortaleza tem a chance de ser campeão da Segundona amanhã. Será este o maior título da história do Leão? Do presidente ao torcedor, conheça as opiniões

01:30 | 09/11/2018
Time está perto de comemorar título nacional inédito JULIO CAESAR
Time está perto de comemorar título nacional inédito JULIO CAESAR

O Fortaleza está perto de levantar a taça da Série B 2018. Uma vitória contra o Avaí, em Florianópolis-SC, no sábado, 10, garante a conquista do campeonato antecipadamente. Pode ser o primeiro título nacional da história centenária do clube. Caso se concretize o resultado favorável, será o maior título do Tricolor do Pici? Do presidente ao torcedor, personagens ouvidos pelo O POVO garantem que sim.

 

O presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, crava sem rodeios. "Sem dúvidas. É um título nacional", afirma.

 

O mandatário espera aproveitar o ótimo momento que o clube vive, com o acesso já assegurado e perto de conquistar o título. "Temos que saber monetizar novas receitas, satisfazer o torcedor, atrair patrocinadores e o que for positivo, visibilidade comercial, retorno para os atuais patrocinadores, que estão com retorno muito além do esperado devido à visibilidade nacional."

 

Para Airton de Farias, historiador e autor do livro "Fortaleza: história, tradição e glória", é o maior título pela projeção, saga de superação recente da equipe e pelo momento. "Pela situação em que o time se encontrava em tão pouco tempo, ascendendo em ano de centenário. A projeção (do acesso) nesse momento, com o Campeonato Brasileiro tão valorizado e rentável. A figura conhecida do técnico Rogério Ceni. Acredito que é a combinação perfeita", afirma.

 

Setorista do Fortaleza, o repórter da Rádio O POVO/CBN, Miguel Brilhante Júnior, cobriu diversas conquistas do Leão em dez anos acompanhando o clube, mas nenhuma delas se compara em relevância com a de um título de campeão da Série B. "Quis o destino que o Fortaleza colocasse a estrela mais importante de sua história no ano do centenário", projeta.

 

O torcedor Dudu Damasceno, do canal Bora Leão (Youtube), defende que o título será o maior não só da história do Fortaleza, mas do futebol cearense. Ele lembra que apenas dois clubes do Nordeste foram campeões da Segundona, o Sampaio Corrêa, em 1972, e o Sport, em 1990.

 

"Já tivemos regionais com Fortaleza e Ceará, Série D com Guarany de Sobral e Ferroviário, mas nenhum se equipara com a relevância de uma Série B de pontos corridos", ressalta ele. 

 

Números

 

5 vices campeonatos possui o Fortaleza em divisões do Brasileirão2017 ano mais recente que o Tricolor ficou com um vice nacional - Série C

LUCAS MOTA