PUBLICIDADE
Jornal

VERSÃO IMPRESSA

Verstappen é punido por empurrão em Ocon

23/04/2019 23:37:27
F1 Brazil Grand Prix runner-up Red Bull's Dutch driver Max Verstappen waves at the crowd as he gets onto the podium at the Interlagos racetrack in Sao Paulo, Brazil on November 11, 2018. - Lewis Hamilton won the Brazilian Grand Prix on Sunday as his Mercedes team added the constructors title to the British driver's fifth world crown. Verstappen in a Red Bull was second with Ferrari's Kimi Raikkonen in third. (Photo by Nelson ALMEIDA / AFP)
F1 Brazil Grand Prix runner-up Red Bull's Dutch driver Max Verstappen waves at the crowd as he gets onto the podium at the Interlagos racetrack in Sao Paulo, Brazil on November 11, 2018. - Lewis Hamilton won the Brazilian Grand Prix on Sunday as his Mercedes team added the constructors title to the British driver's fifth world crown. Verstappen in a Red Bull was second with Ferrari's Kimi Raikkonen in third. (Photo by Nelson ALMEIDA / AFP) (Foto: Nelson ALMEIDA / AFP)

O holandês Max Verstappen sofreu uma punição incomum ontem, horas depois do GP do Brasil de Fórmula 1. O piloto da Red Bull terá que prestar dois dias de serviços comunitários por conta dos empurrões que deu no francês Esteban Ocon, da Force India. A confusão foi consequência de um toque de Ocon em Verstappen na metade da corrida em Interlagos.

A confusão teve início na pista, quando Ocon fez manobra inesperada no "S do Senna" ao tentar disputar posição com o piloto da Red Bull, então líder da prova. O retardatário acabou acertando a traseira de Verstappen, que rodou, deixou a pista e foi ultrapassado com facilidade por Lewis Hamilton. Ainda dentro do carro, Verstappen chamou o francês de "idiota" seguidas vezes. Ao fim da prova, o piloto da Red Bull foi tirar satisfações com o rival e trocou empurrões na garagem da FIA no momento da pesagem dos atletas. Funcionários da entidade precisaram intervir.

TAGS