PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Patrocinadores reagem a acusação contra CR7

Investigado por estupro.

19/05/2019 18:09:53

Como consequência da acusação de estuprar uma ex-modelo em Las Vegas em 2009, Cristiano Ronaldo precisa lidar com problemas com seus principais patrocinadores. A Nike se mostrou "profundamente preocupada" com o caso e a EA Sports, editora do videogame Fifa, falou em uma situação "problemática" e retirou a imagem do craque português do site e redes sociais do game.

A Polícia de Las Vegas anunciou na segunda-feira a abertura de uma investigação por conta da ação apresentada por Kathryn Mayorga, hoje com 34 anos. Ela afirma que Cristiano Ronaldo a forçou a fazer sexo anal em junho de 2009.

As reações demoraram a chegar, mas os patrocinadores do cinco vezes vencedor da Bola de Ouro começaram a se posicionar. "Estamos profundamente preocupados pelas inquietantes acusações e seguiremos monitorando de perto a situação", explicou a Nike em comunicado transmitido à AFP na quinta-feira.

Já a EA divulgou a seguinte mensagem. "Seguimos a situação de perto, porque o que esperamos dos jogadores que estão nas capas de nossos produtos e são nossos embaixadores é que se comportem de acordo com os valores da EA", explicou a empresa americana em comunicado, no qual qualifica as acusações contra o português de "preocupantes".

O jogador não vai disputar nenhuma partida com a seleção portuguesa nos próximos dois meses, mas tem o apoio da Juventus. No entanto, as ações da equipe caíram quase 10% no fechamento da Bolsa de Milão ontem.

Nesta sexta, o técnico Massilimiano Allegri relacionou o atacante para o duelo de hoje contra a Udinese. "Cristiano está bem. No que diz respeito a amanhã, está preparado para jogar", disse o comandante sobre CR7.

As acusações de violação estão danificando a reputação de um dos atletas mais bem pagos do mundo. Ainda assim, Ronaldo recebeu apoio da atual equipe.

A mensagem, no entanto, provocou uma série de críticas ao clube, acusado de mostrar-se insensível com os fatos denunciados.

TAGS