VERSÃO IMPRESSA

Marcelo Vilar prega concentração para Ferroviário conquistar vaga

| SÉRIE D | Técnico do Ferroviário, Marcelo Vilar, quer time "ainda mais ligado" no jogo de volta contra o São José-RS, para segurar a vantagem e garantir vaga no domingo

01:30 | 18/07/2018
[FOTO1]

Uma vitória importante, difícil e bonita. Foi assim que o técnico Marcelo Vilar definiu o triunfo do Ferroviário por 3 a 1 sobre o São José-RS, no jogo de ida da semifinal da Série D do Campeonato Brasileiro, disputado na última segunda-feira, na Arena Castelão. Agora, o tme coral pode perder por até um gol de diferença para garantir uma vaga na decisão. O cenário é favorável, mas o treinador prega cautela absoluta e adianta que sua principal missão nos próximos dias é manter o nível máximo de concentração do elenco para que a equipe não relaxe sobre a vantagem que conquistou.


“Não podemos jogar tranquilos. Temos que jogar ligados, como se precisássemos vencer. Primeiro tempo foi aqui e o segundo tempo do confronto vai ser lá. Não pode ter relaxamento de jeito nenhum. Pelo contrário. Temos que entrar mais ligados ainda”, afirmou Vilar.


O treinador do Ferrão antecipou ainda que o time terá uma preparação diferenciada para o jogo de volta, tendo em vista que o palco da próxima partida, o estádio Passo d’Areia, em Porto Alegre, é de grama sintética. “Vamos treinar nos campos de grama sintética que estão à disposição aqui na Cidade. É mais um desafio que o Ferroviário terá pela frente. Mais uma dificuldade, mais um desafio a ser transposto. O quique da bola é diferente. A velocidade do jogo também. O time deles já é adaptado a jogar lá. Nós temos que nos adaptar. O jogo é na casa do adversário e a gente precisa sair de lá com um bom resultado”, pontuou o treinador.


Vilar minimizou também a possível saída do atacante Juninho Quixadá, um dos principais destaques da equipe na campanha da Série D e que que está negociando sua transferência para o Ceará. “O principal jogador do Ferroviário não é o Juninho. É o grupo. E o grupo continua forte, firme. Vamos colocar um jogador, pois não vamos jogar com 10. Vamos jogar com 11 e vamos buscar mais um resultado positivo, para que possamos disputar a final”, sinalizou o técnico.


O jogo entre São José-RS e Ferroviário está marcado para o próximo domingo, às 15 horas. Caso o time gaúcho vença a partida por dois gols de diferença, a vaga na final será definida em cobranças de pênalti, já que não há vantagem de gol qualificado (marcado fora de casa).

BRUNO BALACÓ

TAGS