PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Croácia vira na prorrogação, despacha a Inglaterra e está na final

SEMIFINAL. Na terceira prorrogação consecutiva, croatas consegue virada sobre a Inglaterra e decidem Copa contra a França

01:30 | 12/07/2018
Autor do gol da vaga, Mandzukic segura Modric, craque da seleção Croata MANAN VATSYAYANA/AFP
Autor do gol da vaga, Mandzukic segura Modric, craque da seleção Croata MANAN VATSYAYANA/AFP

Pela primeira vez na história, a Croácia vai decidir uma Copa do Mundo. Ontem, no estádio Luzhniki, em Moscou, a seleção começou mal, mas se ajeitou durante a partida e virou em cima da Inglaterra, vencendo por 2 a 1. Com três prorrogações nas três fases de mata-mata do Mundial da Rússia, os croatas chegam desgastados fisicamente para a finalíssima deste domingo contra a favorita França, no mesmo estádio. Mas é bom ninguém duvidar da força desse time.

No primeiro tempo da partida, a Inglaterra dominou todas as ações e poderia ter ido aos vestiários com um placar maior. Na segunda etapa, a Croácia esteve bem melhor, empatou o jogo e só não virou por detalhes. No primeiro tempo da prorrogação, as duas seleções tiveram chances para desempatar, mas foram os croatas, com Mandzukic, que chegaram ao segundo gol.

O jogo começou quente. Logo aos três minutos do primeiro tempo, Dele Alli recebeu ótimo passe de Lingard perto da meia-lua e sofreu a falta do craque Modric. Na cobrança, Trippier acertou bela cobrança e Subasic nem mesmo tentou pular na bola.

No segundo tempo, os primeiros 10 minutos foram de pressão inglesa. A partir daí, no entanto, a seleção da Croácia mudou de postura. Mesmo cansada, passou a ter mais disposição em todas as divididas e foi para cima. A Inglaterra, de forma perigosa, recuou o time na tentativa de explorar o contra-ataque.

O resultado de tanto empenho croata deu resultado aos 24 minutos.

Vrsaljko recebeu boa bola pela direita e cruzou dentro da pequena área para Perisic, que se antecipou a Walker e empatou o jogo.

Na prorrogação, a primeira grande chance surgiu aos oito minutos e foi para a Inglaterra, com bola tirada em cima da linha por Vrsaljko. Aos 17, Peresic quase marcou, mas grande defesa de Pickford impediu.

No segundo tempo da prorrogação não teve jeito. Após um feio rebote, Rakitic cabeceou para a área, a defesa inglesa falhou feio e Mandzukic mandou na saída de Pickford e virou a partida

Depois, até o final da partida, a Croácia tocou a bola. A Inglaterra não teve forças para empatar e levar o jogo para os pênaltis. Agora, neste domingo, às 12 horas (de Brasília), a seleção croata encara a favorita França na decisão da Copa do Mundo da Rússia e vai tentar vingar a derrota nas semifinais de 1998 — até anteontem o melhor resultado croata em Copas. Aos ingleses resta brigar pelo terceiro lugar, neste sábado, às 11 horas, contra a Bélgica, em São Petersburgo. (Agência Estado)

 

Ficha Técnica

Croácia 2

Técnico: Zlatko Dalic

4-3-3: Subasic; Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic (Pivaric); Brozovic, Rakitic e Modric (Badelj); Rebic (Kramaric), Perisic e Mandzukic (Corluka).

Inglaterra 1

Técnico: Gareth Southgate

3-5-2: Pickford; Walker (Vardy), Stones e Maguire; Trippier, Henderson (Dier), Dele Alli, Lingard e Young (Rose); Sterling (Rashford) e Kane.

Local: Estádio Luzhniki, em Moscou.

Data: 11/7/2018.

Árbitro: Cuneyt Cakir (Turquia).

Gols: Trippier (Inglaterra), aos 4MIN/1T; Perisic (Croácia), aos 24MIN/2T; e Mandzukic (Croácia), aos 2MIN/2TPRO.

Cartões amarelos: Mandzukic e Rebic (Croácia);Walker (Inglaterra)