VERSÃO IMPRESSA

Leão pega o Sampaio Corrêa em casa para manter invencibilidade

Série b fortaleza enfrenta Sampaio Corrêa no Castelão hoje à tarde em partida que pode ser uma das mais difíceis do campeonato na avaliação de Rogério Ceni

01:30 | 02/06/2018
[FOTO1]

Não é comum Rogério Ceni se manifestar sobre os jogos do Fortaleza antes que eles aconteçam, mas sobre o duelo de hoje à tarde, contra o Sampaio Corrêa, marcado para as 16h30min no Castelão, o técnico tricolor fez questão de pregar o aviso: “Será a partida mais difícil que teremos dentre todas que jogamos e provavelmente de partidas futuras”.

[SAIBAMAIS]

Líder absoluto da Série B do Brasileiro, o Fortaleza é quem, na teoria, deve ser o time temido, mas a preocupação de Ceni está exatamente numa semelhança notada por ele entre o Leão e a Bolívia Querida. “É uma equipe que joga (com espaço) muito curto entre linhas, bem fechada e que tem bastante alma, coração, como a nossa. É uma equipe muito competitividade e isso deve trazer bastante dificuldade”, justifica.


Pelo menos o elenco todo do Fortaleza está à disposição para a partida. Até mesmo o volante Jean Patrick, que ficou de fora dos treinos por dois dias durante a semana, devido uma dor na região do púbis, ganhou condição de jogo, mas o treinador levantou dúvida sobre a titularidade do atleta.

 

Na preparação para encarar o Sampaio Corrêa, Rogério Ceni teve um bom auxiliar. O meia Marlon jogava no time maranhense antes de vestir a camisa do Fortaleza e conhece bem o elenco adversário. “Conheço praticamente todos os jogadores que estão lá. A gente teve uma conversa, eu e Rogério, mas com a mudança de treinador eles mudaram muito o jeito de jogar. Estamos estudando muito o Sampaio pra gente fazer uma boa partida dentro de casa”, revelou o jogador.

 

De fato, desde que Roberto Fonseca assumiu o Tubarão a equipe teve melhora no desempenho. Nos últimos quatro jogos foram três vitórias e um empate. Na Série B são duas vitórias consecutivas, contra Brasil-RS e Ponte Preta. O bom momento é o fator motivante dos maranhenses para tentar quebrar a invencibilidade do Fortaleza.

[QUOTE1]

Para isso, o técnico da Bolívia Querida terá que driblar desfalques. Ele não tem o volante William Oliveira e o lateral Alyson por causa de suspensão, o jogador de meio campo Diego Silva, que se recupera de uma virose e os atacantes Avinho e Uilliam, que não viajaram. Em compensação, ganhou os reforços do atacante Alexandro e Mateus Santana, que só foi regularizado ontem e se juntou à delegação do Sampaio em Fortaleza.


Ainda sobre Marlon, o meia faz questão de deixar claro que agora defende outras cores. “Legal a gente rever os amigos, mas hoje eu tô vestindo a camisa do Fortaleza e minha cabeça está somente aqui. Após e antes do jogo a gente se abraça, mas durante a partida é cada um defendendo seu prato de comida, mas é um jogo diferente”, disse.


Questionado se vai comemorar caso faça um gol na partida, Marlon tentou se esquivar ao dizer que não era muito de marcar tentos, mas admitiu que vai celebrar caso aconteça. “Se eu fizer um gol eu vou comemorar oferecendo para minha esposa, que está grávida.”

 

FICHA TÉCNICA


BRASILEIRO SÉRIE B 2018

 

FORTALEZA


4-2-3-1: Marcelo Boeck, Tinga, Jussani, Ligger, Bruno Melo; Derley, Jean Patrick (Igor Henrique); Edinho Dodô, Marlon; Gustavo


Técnico: Rogério Ceni


Sampaio Corrêa


4-1-4-1: Andrey; Bruno Moura, Maracás, Joécio, Kaike; César Sampaio; Silva, João Paulo, Fernando Sobral, Bruninho; Carlão


Técnico: Roberto Fonseca

Estádio - Castelão, em Fortaleza-CE

Data - 2/6/2018

Horário - 16h30min

Árbitro - Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes - Vinicius Melo de Lima (RN) e Jean Marcio dos Santos (RN)

Ingressos - R$ 30 (cadeira superior), R$ 40 (cadeira inferior), R$ 50 (setor bossa nova), R$ 60 (cadeira especial), R$ 130 (cadeira premium)

Transmissão - Premiere, Rádio O POVO/CBN (AM 1010 FM 95.5). Tempo real em opovo.com.br/esportes

BRENNO REBOUÇAS

TAGS