VERSÃO IMPRESSA

Após queda da invencibilidade, Fortaleza tenta se recompor na Série B

| SÉRIE B | Após a derrota para o São Bento, Fortaleza segue líder e foca no restante do campeonato. Substituídos por contusão, Gustavo e Tinga serão avaliados hoje

01:30 | 11/06/2018

[FOTO1]

A atuação não foi boa e a primeira derrota do Fortaleza na Série B do Campeonato Brasileiro aconteceu. O duelo de sábado, 9, diante do São Bento-SP, em Sorocaba (SP), terminado em 2 a 1 para os mandantes, tirou a invencibilidade do Tricolor no torneio, mas a liderança isolada do certame ainda permanece no Pici.


Mesmo após o revés, o Leão continuou na ponta da tabela de classificação com 23 pontos conquistados, com quatro pontos de folga diante do vice-líder, CSA-AL, que soma 19. Contudo, a vantagem do time comandado por Rogério Ceni para o quinto colocado, o primeiro fora da zona de acesso para a Série A, diminuiu: são apenas seis pontos acimado Coritiba-PR.


Charles Hembert, auxilar-técnico que comandou o Fortaleza na partida devido à suspensão de Rogério Ceni, elencou alguns fatores que influenciaram na derrota para o São Bento. Além do estado do gramado do estádio Walter Ribeiro, o francês ponderou que as lesões de Gustavo e Tinga impossibilitaram qualquer mudança tática no Tricolor no decorrer do confronto.

[QUOTE1]

“Perdemos Gustavo logo no começo do jogo e depois perdemos o Tinga, no começo do segundo. Isso complicou muito nossa apresentação”, lamentou Hembert. O auxiliar revelou ainda que as substituições dos dois jogadores estavam previstas para o segundo tempo de confronto, para preservá-los. Entretanto, segundo o auxiliar-técnico, os atletas não apresentavam desgastes físicos antes da partida, mesmo diante da quantidade de jogos em que atuaram.


O quadro clínico de Gustavo e Tinga ainda é desconhecido. Conforme a assessoria do clube, eles serão avaliados hoje, 11, na reapresentação do time, às 16 horas, no CT Ribamar Bezerra. “Vamos estudar com o departamento médico para vermos qual é a situação exata deles”, resumiu o Hembert.


Para o compromisso contra o Brasil de Pelotas-RS — marcado para a próxima sexta-feira, 15, às 19h15min, na Arena Castelão — Rogério Ceni terá três desfalques certos. Os meias Marlon e Derley e o lateral-esquerdo, Bruno Melo, foram punidos com o terceiro cartão amarelo na partida contra o Azulão e cumprirão suspensão automática contra os gaúchos.


“Vamos ter uma semana cheia até sexta para estudar isso (mudanças) e preparar o time para o próximo confronto”, disse Hembert.


 

 

 


 

 

NETO RIBEIRO

TAGS