PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Na Série B, Gustavo confirma qualidades de goleador

Fortaleza artilheiro do Brasil na temporada, o atacante Gustavo mantém a boa fase na série B do brasileiro e, se mantiver a própria média, tem chance de chegar a quase 50 gols no fim do ano

01:30 | 25/05/2018
ATACANTE GUSTAVO se mantém como o maior goleador do Brasil MATEUS DANTAS
ATACANTE GUSTAVO se mantém como o maior goleador do Brasil MATEUS DANTAS
Se alguém duvidava do potencial do atacante Gustavo, do Fortaleza, sob o argumento de que é fácil fazer gol em campeonato estadual, com certeza já deu o braço a torcer. Em sete rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro, o camisa 109 do Leão já é o artilheiro da competição e segue isolado na disputa simbólica do título de maior goleador do Brasil na temporada.

 

O gol de cabeça que abriu o placar de 2 a 0 construído pelo Fortaleza sobre o Criciúma na terça-feira, 22, foi o quinto marcado pelo centroavante na Segundona e o 21º no ano de 2018. Aliás, cabeceio continua sendo o forte dele. Três foram fulminantes na Série B até aqui, um deles por cobertura, sobre o goleiro Vagner, do Londrina.

Na melhor fase da carreira, Gustagol, como é chamado pela torcida tricolor, está mostrando, inclusive, uma habilidade que não tinha apresentado no Estadual: cobrar faltas. Ao melhor estilo Rogério Ceni, ele acertou uma cobrança distante 30 metros do gol logo na estreia no Segundona, diante do Guarani-SP.

Em números absolutos, segundo o site de estatísticas Footstats, Gustavo finalizou 29 vezes nas sete partidas disputadas pelo Fortaleza na Série B, acertando 16. O aproveitamento é de 55,2%, o melhor dentre todos os jogadores que disputam a competição.

A grande área segue sendo o espaço preferido dele, tanto que apenas três arremates foram feitos de fora dela.

 

O lado esquerdo dos goleiros adversários é o preferido do atacante tricolor para balançar as redes. Apenas um dos cinco tentos entrou pela direita.

 

Com 31 rodadas por disputar na Série B, é difícil, mesmo com a boa fase, apostar todas as fichas em Gustavo para ser o artilheiro do certame. Ano passado a marca foi de Mazinho, do Oeste, com 16 gols marcados.

A distância de 11 tentos é a mesma que o centroavante do Fortaleza tem para alcançar o maior goleador do Brasil em 2017, o atacante Henrique Dourado, então no Fluminense, que balançou as redes adversárias 32 vezes.

A peso de hoje, Gustagol já está empatado com o 7º maior goleador do Brasil na temporada passada, que foi Diego Souza, defendendo o Sport-PE. O próximo passo é se igualar a Lucca, que ano passado defendeu a Ponte Preta e marcou 24 gols.

Titular absoluto do tricolor do Pici, Gustavo dificilmente fica fora por suspensão ou lesão, tendo participado de 24 dos 25 jogos do Fortaleza de janeiro até aqui.

Com uma média de sete gols a cada oito jogos, se mantiver o ritmo, pode chegar a quase 50 no fim do ano, marca bastante expressiva.

METAS

Com 21 gols, Gustavo já alcançou Diego Souza, 7º maior goleador do Brasil de 2017. Com mais 3 se iguala a Lucca, que foi o 6º.

 

NÚMERO

55,2%

É o aproveitamento de Gustavo em finalizações na Série B, o melhor do campeonato

VEJA MAIS: OS MOTIVOS DA INVENCIBILIDADE DO FORTALEZA | NA PRANCHETA #17

 

 

BRENNO REBOUçAS

TAGS