VERSÃO IMPRESSA

Fortaleza: Ceni pode repetir escalação pela 1ª vez desde que chegou

Fortaleza técnico Rogério Ceni pode repetir contra o Goiás mesmo time que empatou contra o Londrina

01:30 | 11/05/2018
Pela primeira vez em cinco meses à frente do Leão, Rogério Ceni deve repetir uma escalação de forma consecutiva. Contra o Goiás, sábado, às 19 horas, no Castelão, a tendência é que comecem jogando os mesmos onze atletas que empataram com o Londrina em 1 a 1 fora de casa na rodada anterior da Série B.

 

Desta vez não há nenhum impedimento físico ou disciplinar para nenhum jogador, ou seja, só depende da vontade do técnico. Está difícil, porém, saber a preferência de Ceni, já que os treinos vem acontecendo de forma secreta.


Pela performance que o time vem apresentando na Série B do Brasileiro e as opções do elenco, é possível afirmar que há duas dúvidas na cabeça do treinador. A primeira na lateral direita, já que Tinga voltou a treinar com bola na quarta-feira. A outra está no dono da camisa dez, que hoje pertence a Dodô, mas tem Marlon como forte concorrente.

 

O meia que veio do Sampaio Corrêa chegou ao Pici com status de titular, já que a direção pagou a multa rescisória para tê-lo no elenco. Ontem o nome dele foi publicado no BID da CBF, o que o deixa apto para estrear diante do Goiás e faz um ponto de interrogação aparecer no meio campo do Fortaleza.


Apesar de ter chegado na segunda, Marlon vinha jogando a Série B normalmente, ou seja, tem condição física para estrear. Na apresentação ele mostrou versatilidade, alegando que do meio para frente pode atuar em qualquer posição. Dodô foi o primeiro jogador do Leão na temporada a encaixar como meia de criação. Ele dá velocidade ao time e se entende bem com os dois pontas (Edinho e Osvaldo).

 

TÁ NO BID


Meio campista Marlon está regularizado e pode estrear com a camisa tricolor diante do Goiás, no Castelão, neste sábado

 

VEJA MAIS: FORTALEZA: O QUE ESPERAR DO JOGO CONTRA O GOIÁS | NA PRANCHETA #13

[VIDEO1] 

GABRIELLE ZARANZA

TAGS