PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Jorginho se apresenta no Ceará com otimismo para jogo de domingo

Novo treinador apresentado oficialmente, Jorginho mostrou confiança na recuperação da equipe na temporada e pediu o apoio do torcedor. Técnico estreia no domingo à frente do time

01:30 | 25/05/2018

 

JORGINHO assumiu comando do Alvinegro No domingo, primeiro desafio contra Grêmio   MATEUS DANTAS
JORGINHO assumiu comando do Alvinegro No domingo, primeiro desafio contra Grêmio MATEUS DANTAS

Em meio à turbulenta fase do Ceará nesta temporada, Jorginho foi apresentado oficialmente ontem como novo treinador da equipe. Com discurso confiante, o treinador prometeu tirar a equipe da situação atual (penúltimo colocado na Série A e há oito jogos sem vencer), descartou contratações imediatas, pediu o apoio do torcedor e pregou paz diante do caso envolvendo o meia Reina, agredido depois da partida contra o CRB.

O início do primeiro treino comandado por Jorginho teve momentos de tensão. Rojões foram lançados do lado de fora e caíram dentro da sede do clube. “Vocês podem reclamar, podem xingar, mas não toque no atleta, não toque em ninguém da comissão técnica, não toque no ser humano, porque ninguém tem esse direito”, afirmou em entrevista coletiva.

Exaltando a qualidade do grupo atual, Jorginho confia em um trabalho de motivação junto aos atletas para reverter a má fase.  

Segundo o comandante alvinegro, o apoio da torcida será importante no processo de “reviravolta” na temporada. “Tenho certeza de que hoje você está triste, mas amanhã você vai ficar feliz. As coisas acontecerão.” 

Recém-chegado ao clube, o técnico quer observar melhor o elenco para pensar em reforços. “Às vezes, a solução está muito próxima e você não está enxergando, é um posicionamento diferente, uma motivação para aquele preterido no momento. Prefiro aguardar, analisar o material humano que se tem nas mãos para que possa trazer aquilo necessário”, comentou. 

A primeira missão de Jorginho à frente do Ceará já é no domingo, diante do Grêmio, no Castelão. Com apenas três dias de trabalho, o “professor” pretende focar em treinos de posicionamentos e na apresentação de vídeos. O ex-jogador aposta na aplicação tática para surpreender os gaúchos.

&nsbp;
 

“Eu gosto muito dos grandes jogos. Com certeza, vai ser um feito maravilhoso se vencermos essa partida”, disse. 

Apesar do momento de desconfiança, o fator estreia de Jorginho pode dar um pouco de ânimo ao torcedor. O técnico tem um aproveitamento de 70,37% nessas condições. Em nove jogos, foram seis vitórias, duas derrotas e um empate. 

O último trabalho do carioca foi no Bahia, em julho de 2017. Por lá comandou a equipe por 14 jogos, com saldo de quatro vitórias, quatro empates e seis derrotas.  

O ex-lateral da seleção brasileira tetracampeã diz ter aproveitado esse período para se aperfeiçoar. “Estive na Europa. Foi interessante. Durante todo esse tempo, estudei bastante”, falou.  

Jorginho iniciou a carreira de técnico em 2005, com o América-RJ. De lá pra cá, acumula passagens por clubes brasileiros como Goiás, Figueirense, Flamengo, Ponte Preta e Vasco, além do Kashima Antlers, do Japão, e do Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos.

 

VEJA MAIS: CEARÁ SE PERDE NOS PRÓPRIOS ERROS | NA PRANCHETA #16

 

LUCAS MOTA