PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Leão adota discurso de cautela antes da partida contra o Floresta

01:30 | 31/03/2018

A vitória do Fortaleza sobre o Floresta no último domingo até reverteu a vantagem em favor do time do Pici. No entanto, o resultado ainda está longe de significar que a classificação está garantida para o Leão. Diferente da outra semifinal já que o Ceará, dificilmente, perderá a vaga.

Para a partida das 16 horas de amanhã no PV, qualquer vitória do Floresta com diferença superior a um gol dará ao time da Vila Manoel Sátiro a classificação inédita para a final do Cearense.

Em nenhum dos encontros entre os dois times, no Estadual, ocorreu vitória do Floresta pelo placar que o time precisa para ir à final. Na 1ª fase, deu Fortaleza: 3 a 2. Na 2ª, triunfo do Floresta: 1 a 0. No último domingo, nova vitória Tricolor do Pici por 3 a 1.

Mesmo com esse retrospecto favorável, o clima no Pici é de cautela. O discurso é cuidadoso e passa longe de dar margem à ideia de que a classificação está garantida. Para o atacante Osvaldo a partida, de amanhã, deverá ter uma dinâmica diferente das demais.

&nsbp;

“Vai ser mais um jogo difícil contra o Floresta. Acho que nesse vai ser um pouco diferente porque nos outros eles jogaram mais recuados e no contra-ataque. Temos a vantagem, o que é importante”, afirma.

No Floresta, a avaliação é de que é possível reverter a vantagem do Fortaleza. Taticamente, o técnico Oliveira Canindé aposta em um jogo mais aberto, com os dois times buscando a vitória.

“Temos que ser comedidos, mas com ousadia. Temos nossa postura e nossa maneira de fazer as coisas. Acredito que seja um jogo mais equilibrado que o último que fizemos. É hora de ousarmos para mostrar a força que temos”, afirma o treinador.