VERSÃO IMPRESSA

Ceará, Fortaleza, Uniclinic e Floresta entram em campo neste domingo

| CAMPEONATO CEARENSE | Ceara x Uniclinic e Floresta x Fortaleza: confrontos de semifinais põem frente a frente os times mais equilibrados do estadual

01:30 | 24/03/2018

[FOTO1]

Não foi obra do acaso ou “zebra” que Ceará, Floresta, Fortaleza e Uniclinic avançaram às semifinais do Campeonato Cearense e disputarão o título de 2018.
[FOTO2] 

Depois de 14 rodadas, os quatro times chegam com merecimento à fase eliminatória e iniciam amanhã os duelos que, embora apontem vantagens para Ceará e Floresta, prometem equilíbrio. Afinal, agora começa um novo campeonato, em formato mata-mata, que terá uma vaga na final decidida em 180 minutos.
[SAIBAMAIS] 

Às 16 horas, Ceará e Uniclinic farão a primeira semifinal, no PV, onde a Águia da Precabura terá uma missão ingrata. Nos 14 jogos que fez, o time comandado pelo técnico Luan Carlos só foi derrotado quatro vezes, duas delas pelo Vovô. Nos confrontos, o Alvinegro levou a melhor por 2 a 0 e 2 a 1.

A aposta para um melhor resultado no novo embate é na força defensiva. O Uniclinic tem a 3ª defesa menos vazada do campeonato, com 15 gols sofridos.
[QUOTE1]
Por outro lado, o Ceará deposita sua expectativa no bom desempenho ofensivo para avançar à final. O Vovô detém o melhor ataque do certame, com 33 gols marcados, além de viver ótima fase. Já são 12 jogos de invencibilidade. No Estadual o Alvinegro não perde há nove partidas. É o único clube que não foi derrotado no hexagonal.
 

Às 19 horas, no Castelão, será a vez de Fortaleza e Floresta disputarem a primeira metade de um confronto que tem ainda mais equilíbrio, vide os dois encontros dos times até aqui, com uma vitória para cada lado: 3 a 2 para o Leão na 1ª fase e 1 a 0 para o Verdão da Vila no hexagonal.
 

Caso os resultados se repitam, é o Floresta quem avançará, já que teve melhor campanha na 2ª fase e, assim como o Ceará, joga por resultados equivalentes.
 

O Verdão, que além do Fortaleza também venceu o Vovô no Estadual (3 a 1, na 1ª fase), detém a 2ª melhor defesa e o 3º ataque mais positivo do campeonato. Enquanto o Leão do Pici tem a melhor defesa e o 2º melhor ataque.
 

Antes de pensar no jogo da volta, domingo que vem, 1º, focar nos duelos de amanhã é o primeiro passo para chegar à final do Estadual. 

 

ANÁLISE


NÃO SERÁ MERO TREINO PARA A FINAL
 

FLORESTA TEM MAIS POTENCIAL PARA SURPRESA
 

Basta resgatar na memória os jogos entre Ceará e Uniclinic e de Fortaleza e Floresta, nesta edição do Estadual, para ter certeza de que nenhuma das semifinais será moleza. As peculiaridades dos quatro semifinalistas já renderam bons jogos. No mata-mata, aumenta a competitividade. A marcação acertada da Águia deve novamente dar trabalho ao ataque do Vovô. Desta vez, porém, o elenco alvinegro terá mais tempo de treino. No jogo da volta, pode usar força máxima, já que a Copa do Nordeste terá parado. Com vaga na Série D garantida, o técnico Luan Carlos pregou que pra frente tudo é lucro, por isso é impossível não considerar o Ceará favorito. Pela qualidade técnica e tradição, pode-se dizer o mesmo do Fortaleza, com a ressalva de que o Floresta já venceu o Leão na competição e justamente no Domingão, tão criticado por Ceni. O alviverde tem vantagem de jogar por dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de saldo. Em resumo, uma surpresa é mais esperada por parte do Floresta que do Uniclinic.

BRENNO REBOUÇAS
brennoreboucas@opovo.com.br

ANDRE ALMEIDA

TAGS