VERSÃO IMPRESSA

Bom para os dois lados

Acordo. Clássico-rei terá federação como mandante, renda divida e entrada de sócios dos dois times com entrada livre garantida, mas apenas tricolores no prédio central

01:30 | 02/02/2018

[FOTO1]
Domingo é dia de Clássico-Rei, o único da primeira fase, disputada apenas em jogos de ida. E o fato de não ter uma revanche valendo pela mesma etapa da competição tem causado dúvidas na cabeça do torcedor, que é acostumado com duas partidas entre os dois maiores clubes do Estado. 


As dúvidas mais comuns estão girando em torno da entrada de sócios-torcedores, a divisão de renda da partida e até mesmo que torcida — ou se ambas — terá direito de ocupar o setor premium.
 

Nem Leão, nem Vovô. O mando de campo da partida pertence à Federação Cearense de Futebol (FCF). A decisão está no Regulamento Específico do Campeonato (REC), no parágrafo primeiro do artigo 21.


Em caso de novo Clássico-Rei na segunda fase, que também só tem jogos de ida, o procedimento se repete. “Questão de segurança”, justificou o diretor de competições da FCF, Júlio Manso.
 

A partida entre Leão e Vovô, porém, passou por sorteio de mando, assim como todas as outras da primeira fase, antes de a bola rolar. O resultado, entretanto, só serviu para apontar que torcida terá direito a uso do prédio central e qual clube vai ocupar o banco que fica à direita das cabines de imprensa, o popular “banco do bandeirinha”.
 

O sorteado foi o Fortaleza. Assim, apenas os tricolores vão estar presentes nos setores especial e premium e o elenco tricolor ficará no banco de reservas da direita.
 

Como a FCF é mandante, sócios de nenhuma das duas equipes teriam direito à entrada liberada. Uma reunião entre dirigentes dos dois clubes com a Federação decidiu que associados tanto de Ceará quanto de Fortaleza têm entrada gratuita garantida.
 

A decisão puxa o valor da renda bruta para baixo, mas privilegia quem paga antecipado e mensalmente para ambos.
 

A renda do jogo será dividida. Do valor líquido arrecadado, o vencedor ficará com 60% e o derrotado, com 40%. Em caso de empate, o valor será rateado meio a meio.

BRENNO REBOUÇAS

TAGS