VERSÃO IMPRESSA

Tubarão decepciona

Presidente Vargas em noite de muita transpiração e pouca inspiração, Ferrão largou mal na copa do Nordeste, ao perder em casa para o ABC por 3 a 1

01:30 | 19/01/2018

[FOTO1]
Sem fazer força, o ABC aplicou 3 a 1 no Ferroviário em pleno Estádio Presidente Vargas, na estreia de ambos pela Copa do Nordeste. O time potiguar chegou a abrir três gols de vantagem, mas Janeudo, de pênalti, marcou o de honra da equipe coral.
 

A inspiração que sobrou na goleada sobre o Horizonte por 4 a 0, sábado passado, pelo Estadual, não esteve ao lado do Ferroviário na noite de ontem. O Coral até que se esforçou em campo, mas não criou nenhuma jogada mais elaborada ou forçou defesa mais difícil para o goleiro Edson, do ABC.

Com marcação acertada, a equipe potiguar aproveitava os erros do Ferroviário para descer ao ataque. O gol, entretanto, saiu de uma jogada despretensiosa. Aos 16 minutos, o lateral direito Arêz tentou cruzamento e a bola acabou indo direto para o gol, surpreendendo
Bruno Colaço.

O Ferroviário tentou resposta seguindo o embalo da arquibancada, mas só apresentava correria sem objetividade. De fato, era o ABC que dava trabalho à defesa coral, em contra-ataques rápidos.
 

Erandir entrou ainda no primeiro tempo, na tentativa de conter os alvinegros, mas, aos 37 minutos, Liniker só parou Erivélton com puxão na camisa dentro da grande área. Matheus cobrou a penalidade e ampliou o placar.
 

A estratégia do time coral para o segundo tempo foi fazer uma pressão logo no início, porém sem sucesso. Foi o ABC que ampliou, aos 12min, com um golaço do atacante Matheus.
 

Com menos tempo de preparação física, a partir dos 25 minutos o elenco abecedista começou a sentir. Chance para o Ferroviário, que manteve a bola no ataque. As finalizações, entretanto, continuavam sem exigir tanto do goleiro Edson.
 

Rabello lançou Mota no jogo, e a experiência e a qualidade de passe do veterano até ajudaram. O máximo que o Tubarão conseguiu, no entanto, foi um pênalti, cobrado por Janeudo, aos 36 minutos. “O time esteve totalmente desligado na marcação. Perdemos o jogo no primeiro tempo”, admitiu
Carlos Rabello. 


A goleada deixa o Ferroviário na lanterna do Grupo B. O próximo desafio pelo Nordestão será em 1º/2, contra o Vitória-BA, no Barradão.

 

GRUPO B


COPA DO NORDESTE 1X3 
 

Ferroviário
 

4-4-2: Bruno Colaço, Iranilson, Afonso (Erandir), Túlio, Sávio; Rafael Bizinga, Liniker (Jean), Janeudo, Léo Paraíba (Mota); Valdo Bacabal, Luís Soares Técnico: Carlos Rabello

ABC
 

4-2-3-1: Edson, Arêz (Jorge Eduardo), Tonhão, Cleiton, Igor (Chiclete); Anderson Sobral, Erivelton, Felipe Guedes, Fessin; Matheus (Marcelo), Lauder Técnico: Ranielle Ribeiro
Gols: 1T/16min - Arêz tenta cruzar, mas bola vai direto para o gol e encobre o goleiro Bruno Colaço; 1T/39min - Matheus amplia para o ABC cobrando pênalti; 2T/12min - Matheus acerta chutaço no ângulo; 2T/36min - Janeudo desconta de pênalti.
Local: Estádio Presidente Vargas
Data: 18/1/2018
Horário: 19 horas
Cartões amarelos: Janeudo, Liniker (Ferroviário), Arêz, Tonhão, Jorge Eduardo (ABC)
Renda: R$ 33.720
Público: 1.807 presentes
(1.707 pagantes) 

BRENNO REBOUÇAS

TAGS