VERSÃO IMPRESSA

Ceará: Na primeira divisão a história é outra

Modernização do departamento de fisiologia é prioridade entre os investimentos para 2018. Embora pouco reconhecido, setor é essencial

01:30 | 18/12/2017
[FOTO1]

O Ceará prepara uma série de mudanças para temporada 2018.

Como O POVO já noticiou, a diretoria do Alvinegro de Porangabuçu investirá em mudanças estruturais, que passam desde os campos de treinamento até o setor de fisiologia do clube. Departamento que, embora não seja muito reconhecido, é de suma importância para uma temporada de sucesso e conquistas.


Ele foi determinante para que em 2017 - ano em que foi campeão cearense e conquistou o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro - o Ceará não sofresse com lesões musculares. Foi raro o Vovô perder jogadores por contusão em jogos decisivos.

[QUOTE1]

Por isso, o departamento de fisiologia do clube será o principal interesse de mudanças. Afinal, é a partir dele que se sabe como cada atleta está fisicamente, como ele pode evoluir de forma mais adequada e quais os cuidados se deve ter para evitar desgastes e lesões. “Vamos adquirir equipamentos usados por clubes como o Barcelona”, disse Raimundo Pinheiro. São novos aparelhos de GPS individuais para uso dos atletas nos treinos e nos jogos.


O fisiologista do Ceará, Giovanni Ramirez, confirma a modernização do setor e garante que esse novo GPS vai maximizar as possibilidades de cuidado e evolução de cada atleta. “O nosso antigo aparelho não funcionava em estádios fechados como o Castelão.

Além disso, não tínhamos os dados em tempo real. Agora, com os novos equipamentos, isso será possível”, disse.


Giovanni era o fisiologista do Joinville quando o clube catarinense ascendeu à Série A do Campeonato Brasileiro, e garante que a falta de modernização dos departamentos para a disputa da primeira divisão foi preponderante para a queda do time em sua estreia na elite. “Disputamos a Série A com a mesma estrutura da Série B e isso nos prejudicou, pois ficamos aquém dos outros clubes”, ressaltou.

EUMAR LIMA

TAGS