PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Adversário do Ceará, Paysandu tem a 6ª melhor campanha como visitante

Paysandu tem a 6ª melhor campanha como visitante e o vice-artilheiro da Série B em boa fase como principais armas contra o Ceará

01:30 | 14/11/2017

 

O Ceará tem pela frente hoje, às 20h30min, mais que uma equipe do meio da tabela e que aparentemente não tem maiores pretensões nesta Série B.

O Paysandu é dono da 6ª melhor campanha como visitante na competição. Longe de Belém, o Papão conseguiu seis vitórias e três empates nos 17 jogos que disputou. O aproveitamento de quase 43% só não é melhor que os de cinco equipes que brigam diretamente ou já conquistaram o acesso.

Time do técnico Marquinhos Santos conquistou 21 pontos fora de casa FERNANDO TORRES/PAYSANDU
Time do técnico Marquinhos Santos conquistou 21 pontos fora de casa FERNANDO TORRES/PAYSANDU

Quase metade dos 45 pontos conquistados pelo Paysandu foram fora de casa. Resultados importantes para que o time do técnico Marquinhos Santos (ex-Fortaleza) chegue nesta 36ª rodada com menos de 1% de chances de ser rebaixado. O atual time bicolor tem a melhor campanha como visitante da história do clube no Brasileiro.

Esse retrospecto ganha ainda mais relevância se for levado em conta que o Paysandu é o time da Série B que percorre maiores distâncias para seus jogos, o que aumenta o desgaste físico em uma reta final de Brasileiro.

Esse eventual cansaço pode ser um ponto em favor do Ceará, visto que o Papão teve apenas dois dias de recuperação após a derrota por 3 a 2 no último sábado, na Curuzu, para o Brasil de Pelotas.

Esse intervalo curto entre as partidas faz com que Marquinhos Santos adote o mistério na hora de escalar o time que enfrenta o Ceará.

O zagueiro Diego Ivo, os volantes Renato Augusto e Nando Carandina e o meia Fábio Matos não devem jogar justamente por problemas físicos.

 

VICE-ARTILHEIRO

Quem certamente vai a campo hoje no Castelão e, ainda por cima, motivado é Bergson. Vice-artilheiro da Série B com 13 gols, o centroavante vive boa fase. Ele marcou nos últimos quatro jogos do Paysandu na competição e deve ser o principal ponto de preocupação para a defesa alvinegra.

JOãO MARCELO SENA