PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Obrigado a fazer gols em Maceió, ataque do Fortaleza está devendo

Obrigado a fazer gols em Maceió, ataque tricolor está devendo

01:30 | 17/10/2017

Lúcio Flávio e Hiago (11) devem voltar a compor dupla titular do ataque do Fortaleza  MATEUS DANTAS
Lúcio Flávio e Hiago (11) devem voltar a compor dupla titular do ataque do Fortaleza MATEUS DANTAS
Para reverter a vantagem construída pelo CSA-AL no Castelão e ficar com o título da Série C do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza precisa marcar pelo menos dois gols em Maceió, sábado, 21, no jogo da volta. Neste caso, os atacantes do Leão terão que melhorar o rendimento e aproveitar as chances construídas durante a partida. 

O sofrimento do Tricolor para balançar as redes tem sido gritante nas últimos duelos. Nos cinco jogos disputados durante o mata-mata da Série C até aqui, o Leão só conseguiu fazer gol no primeiro tempo uma vez — no segundo jogo das semifinais, contra o Sampaio Corrêa. A demora para marcar muitas vezes é reflexo de chances perdidas, o que angustia o torcedor.  

Quem tem a missão de botar a bola para dentro também anda de mal com as redes. Dos seis gols assinalados entre quartas de final, semifinal e final, apenas dois são de autoria de atacantes — Leandro Cearense, no jogo de ida contra o Sampaio Corrêa, e Gabriel Pereira, contra o CSA — e ambos são considerados reservas pelo tempo de jogo que têm na competição (516 e 64 minutos, respectivamente). 

Dos homens de frente que costumam começar o jogo, o último que marcou foi Hiago (1.592 minutos jogados), na 16ª rodada da fase de grupos, contra o próprio CSA.  

Lúcio Flávio, o atacante com mais tentos pelo Leão na Série C, cinco, perdeu espaço nas últimas partidas pela seca de gols — não marca desde a 13ª rodada, contra o ASA — e ainda sofreu lesão na Taça Fares Lopes. Deve ser novamente opção para Zago no jogo de sábado. LATERAL ARTILHEIRO 

Quem vem chamando a responsabilidade e marcando para o Fortaleza na reta final da Série C é o lateral esquerdo Bruno Melo. Ele já tinha feito três gols importantes na fase classificatória, sendo dois de cabeça e um de pênalti. 

Contra Tupi e Sampaio, cobrou duas penalidades e converteu. Aproveitou ainda um erro da defesa da Bolívia Querida e marcou outro. São seis gols na conta e a artilharia do time na Série C. 

 

GOLS 

QUARTAS DE FINAL Fortaleza 2x0 Tupi (ida) Gols: Leandro Lima e Bruno Melo SEMIFINAIS  

Fortaleza 1x0 Sampaio Corrêa (ida) Gols: Leandro Cearense Sampaio Corrêa 2x2 Fortaleza (volta) Gols: Bruno Melo (duas vezes) FINAL 

Fortaleza 1x2 CSA (ida) Gols: Gabriel Pereira

BRENNO REBOUçAS