PUBLICIDADE
Jornal

Ex-jogadoras lançam manifesto contra a CBF e pedem apoio da Fifa

07/10/2017 01:30:00


Na esteira da revolta das jogadoras da seleção brasileira feminina contra a CBF, ex-atletas da equipe, como Formiga e Cristiane, lançaram ontem manifesto contra a entidade e pedindo o apoio da Fifa. O objetivo é pedir maior suporte ao time feminino do Brasil.
 

Na carta aberta, elas reclamam do tratamento recebido pelas mulheres dentro da CBF. “Exemplos recentes: a técnica Emily Lima, apesar do apoio das jogadoras, expressado numa carta endereçada à CBF, datada de 19 de setembro, foi abruptamente demitida; e cinco jogadoras de destaque se aposentaram, exaustas dos anos de desrespeito e falta de apoio”.
 

Emily Lima foi dispensada após duas derrotas em amistosos realizados na Austrália, no mês passado. Ao todo, ela comandou o Brasil em 13 jogos, conquistando sete vitórias, um empate e cinco derrotas. Em 10 meses de trabalho, teve aproveitamento de 56,4%.
 

A medida irritou atletas, que começaram a anunciar suas aposentadorias da seleção. A primeira foi a atacante Cristiane, que foi seguida pela zagueira Andreia Rosa, pela lateral esquerda Rosana, pela meia Fran e pela lateral direita Maurine.

TAGS
NULL