PUBLICIDADE
Jornal

Diante do Fortaleza, Ceará tem vantagem do empate para seguir na Fares

Na despedida do Clássico-Rei em 2017, Fortaleza precisa vencer o Ceará para seguir na Taça Fares Lopes e brigar por vaga direta na Copa do Brasil de 2018. Com vantagem do empate, Vovô quer quebrar tabu

11/10/2017 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1] 

 

Ceará e Fortaleza fazem o último Clássico-Rei do ano hoje, às 20 horas, no Castelão. Válido pela volta das quartas de final da Taça Fares Lopes, o duelo põe em jogo a manutenção da chance do Leão de conseguir classificação direta para a Copa do Brasil de 2018 sem depender de ranking da CBF.


Não bastasse ser o único time que pode perder alguma coisa na partida — já que o Ceará está garantido na competição nacional, que é o prêmio da Fares Lopes —, o Tricolor ainda está obrigado a vencer para avançar. Por ter melhor campanha na fase classificatória, o Vovô leva vantagem se um empate se repetir hoje — a ida terminou em 1 a 1.


Devido à dificuldade da missão, assim como na semana passada, a direção de futebol do Fortaleza liberou alguns jogadores do time que disputa a Série C para “descerem” e jogar a competição local. As novidades em relação à primeira partida são o meia Adenilson, o meia-atacante Vinícius Pacheco e o atacante Paulo Sérgio. Em contrapartida, o meia Ronny retornou ao time de cima e Lúcio Flávio, contundido, está fora.

[QUOTE1]

Com isso, o técnico Daniel Frasson deve fazer duas mudanças em relação ao time que atuou no Clássico-Rei da semana passada, escalando Adenilson e Paulo Sérgio para as vagas de Ronny e Lúcio Flávio.


Pelo lado do Ceará, Daniel Azambuja deve mexer não só no time, mas também na disposição tática. Com a chegada de Pedro Ken ao grupo — porque está suspenso da partida contra o Oeste, pela Série B — o meio-campo do Vovô ficará reforçado, com quatro atletas, enquanto no ataque Cafu perde espaço e Lelê terá Arthur para formar dupla, no lugar de Magno Alves.


A maior motivação alvinegra, além da rivalidade, talvez seja quebrar o tabu de dois anos sem vencer seu adversário mais tradicional no futebol.

 

OBRIGAÇÃO


Daniel Frasson não esconde que a responsabilidade é toda do Fortaleza, mas diz que está preparado para o que o Ceará vai apresentar no Castelão.


“Treinamos dentro de uma situação, analisando o que o Ceará pode utilizar. Sabemos que são os últimos 90 minutos que temos para disputar (até aqui), mas essa vitória tem que vir com inteligência”.


Quanto à pressão sobre os atletas, o comandante tricolor disfarça. “É um jogo difícil, mas a situação tem que ser dali (jogo passado) para melhor”.

 

CEARÁ

 

TÉCNICO: DANIEL AZAMBUJA

 

4-4-2:

Fernando Henrique, Pio, Tiago Alves, Valdo, Rafael Carioca; João Marcos e Jackson Caucaia, Pedro Ken, Felipe Menezes; Lelê, Arthur


FORTALEZA


TÉCNICO: DANIEL FRASSON

 

4-3-3:

Max Walef, Eduardo, Guilherme, Del'Amore,Danilo; Jefferson, Aldo e Adenilson; Vinícius Baiano, Paulo Sérgio, Gabriel Pereiran


Local: Castelão, Fortaleza-CE

Data: 11/10/2017

Horário: 20 horas

Árbitro: Glauco Feitosa

Assistentes: Anderson Farias e Eleutério Marques

Ingressos: R$ 30 (cadeira superior), R$ 40 (bossa nova), R$ 120 (cadeira premium)

Transmissão: Rádio O POVO/CBN (AM 1010 FM 95.5). Tempo real: opovo.com.br/esportes

BRENNO REBOUÇAS

TAGS
NULL