VERSÃO IMPRESSA

Ceará é forte na marcação

Ceará não sofreu gol em 15 dos 32 jogos da Série B. Com 58 pontos e perto do acesso, equipe tem sistema de marcação como porto seguro

01:30 | 30/10/2017
[FOTO1]

Vice-líder da Série B do Campeonato Brasileiro com 58 pontos em 32 rodadas, o Ceará tem no seu desempenho defensivo um porto seguro para sustentar uma campanha que hoje lhe deixa muito perto do acesso para a Série A (97% de acordo com atualização do site Chance de Gol), restando seis rodadas.


São 28 gols sofridos, média de menos de um gol por jogo e a sexta melhor defesa da competição. Mais relevante ainda na campanha é o número de vezes que a equipe saiu do gramado sem ter sofrido gol: 15, mérito de uma forma de atuar determinada pelo técnico Marcelo Chamusca desde que ele fez a estreia pelo clube, no dia 24 de junho, baseada na participação total do elenco, independente do desenho tático e dos jogadores que estejam em ação.


Para se ter uma ideia da importância deste desempenho atual, na campanha do acesso em 2009 o Ceará ficou também 15 jogos dos 38 sem ser vazado, melhor performance do Alvinegro neste critério na história da competição.


Na vitória fora de casa sobre o Inter por 1 a 0, no sábado, 28, além da organização tática, a equipe contou mais uma vez com as defesas do goleiro Everson. O jogador, que esteve em campo em 31 das 32 partidas do Ceará na Série B, fez intervenções importantes, especialmente na segunda etapa.


Não raro Chamusca enaltece o comprometimento do elenco com a marcação sobre os adversário. No sábado, voltou a elogiar a postura geral: “Os jogadores foram fiéis e acreditaram no plano de jogo”, avaliou.


PRÓXIMO DESAFIO


Para a partida diante do Juventude, na sexta que vem, 3, em Caxias do Sul, o Ceará fará toda a preparação em Porto Alegre. O time terá o desfalque do lateral esquerdo Romário, suspenso. Rafael Carioca já foi definido como seu substituto. “O Romário está muito encaixado no time, mas ganhamos com o Carioca um jogador descansado, que tem muita qualidade e está pronto “, garantiu Chamusca.


O técnico mostrou preocupação com o meio-campista Pedro Ken, que sentiu contusão na coxa direita no confronto diante do Inter. “Estou preocupado. Ele é importante para nós, então vamos tratar o jogador durante a semana”.


O volante Raul também será opção. Ele ficou de fora por suspensão diante do Inter, mas estará com a delegação em Caxias.

TAGS