PUBLICIDADE
Jornal

Brasil para em goleiro boliviano e empata sem gols em La Paz

Brasil para em goleiro boliviano e empata sem gols em La Paz

06/10/2017 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1]

A seleção brasileira conheceu ontem outro obstáculo boliviano além da altitude de La Paz. O goleiro Carlos Lampe foi mais poderoso do que os 3,6 mil metros da capital da Bolívia ao segurar o ataque brasileiro, principalmente Neymar, e garantir o empate por 0 a 0 no estádio Hernando Siles, pela 17ª e penúltima rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa-2018, que será na Rússia.


Foram seis confrontos diretos entre Lampe e Neymar, todos com supremacia do boliviano. Festejado pela torcida, o goleiro fez pelo menos dez defesas importantes. Se a altitude foi minimizada com a logística de viajar para La Paz horas antes do jogo e pareceu não incomodar, faltou capricho nas finalizações para voltar da cidade com uma vitória pela primeira vez em 20 anos.
 

O segundo empate seguido do Brasil nas Eliminatórias — com a Colômbia, 1 a 1 em 5 de setembro — não atrapalha em nada o tranquilo posto na classificação. A frustração é ver escapar a chance de obter a melhor campanha da história do torneio, obtida pela Argentina para o Mundial de 2002. A seleção precisava vencer os dois últimos jogos para quebrar a marca.
 

O temor com a altitude modificou o estilo do Brasil. O futebol de toques rápidos no ataque deu lugar à tranquilidade para tocar a bola e deixar o jogo mais lento. A equipe nitidamente queria poupar oxigênio, não se desgastar com o gramado seco e irregular. Quando o Brasil se soltou, as chances vieram a partir dos 23 minutos, mas sem aproveitamento.


Os testados pelo técnico Tite tiveram poucas oportunidades para mostrar serviço. O zagueiro Thiago Silva se machucou e saiu ainda no primeiro tempo e o lateral esquerdo Alex Sandro pouco apareceu no ataque. “Existem jogos em que produzimos muito menos do que jogamos hoje”, diagnosticou o treinador. 

 

Agência Estado 

ELIMINATÓRIAS


BOLÍVIA


TÉCNICO:
MAURICIO SORIA
 

3-5-2:

Lampe; Gutiérrez, Valverde e Ráldes; Bejarano, Justiniano (Castro), Machado, Arce (Salcedo) e Morales; M.Moreno e Fierro (Álvarez)

 

BRASIL
 

TÉCNICO: TITE

4-1-4-1:
Alisson; D.Alves, Miranda, T.Silva (Marquinhos) e Alex Sandro; Casemiro; P.Coutinho (Willian), Paulinho (Fernandinho), R.Augusto e Neymar; G.Jesus
Local: Estádio Hernando Siles, La Paz, Bolívia
Data: 5/10/2017
Árbitro: Fernando Rapallini (Fifa/Argentina)

 

CLASSIFICAÇÃO


TIME PG J V

1º Brasil 38 17 11
2º Uruguai 28 17 8
3º Chile 26 17 8
4º Colômbia 26 17 7
5º Peru 25 17 7
6º Argentina 25 17 6
7º Paraguai 24 17 7
8º Equador 20 17 6
9º Bolívia 14 17 4
10º Venezuela 9 17 1

CLASSIFICADOS PARA A COPA
VAI À REPESCAGEM 

 

 

 

Adriano Nogueira

TAGS
NULL