VERSÃO IMPRESSA

Árbitro de vídeo deve ficar para 2018

01:30 | 21/10/2017

[FOTO1]

O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, admitiu que se precipitou ao tentar acelerar o processo de inclusão do árbitro de vídeo no Brasileirão, e deu a entender que a adoção do sistema ficará mesmo para o Nacional do próximo ano. Segundo o dirigente, “problemas técnicos” estão impedindo o uso do recurso.
 

“Não podemos ser levianos e fazer alguma coisa que possa acarretar prejuízo. Queremos que numa rodada, que tem dez jogos, seja igual para todos. Não acho muito legal fazer nas três últimas rodadas. Eu queria nas dez antes, nas 15”, pontuou. 

 

AE

TAGS