PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2018 abre amanhã

01:30 | 13/09/2017

Presidentes da Fifa, Gianni Infantino, e da Rússia, Vladimir Putin MLADEN ANTONOV / AFP
Presidentes da Fifa, Gianni Infantino, e da Rússia, Vladimir Putin MLADEN ANTONOV / AFP

A Fifa indicou que a venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, começa amanhã, às 6 horas (de Brasília), por meio do seu site oficial (fifa.com). 

A primeira fase da venda consiste em duas etapas, cujos processos só se concluem em 28 de novembro. Na primeira, até 12 de outubro, as solicitações são acumuladas. Caso haja mais procura que disponibilidade, os bilhetes serão sorteados. Na segunda, a ordem de pedido de compra será determinante para a aquisição das entradas. A segunda fase de venda de ingressos ocorrerá após o sorteio dos grupos da Copa do Mundo, previsto para 1º de dezembro. Ainda haverá uma terceira e última fase de comercialização das entradas para o Mundial, que vai começar em 18 de abril.  

Além disso, os torcedores que comprarem os ingressos precisarão obter o “Fan ID”, um documento de identificação dos torcedores, desenvolvido pelo Comitê Organizador Local, que será necessário para o acesso aos estádios. Ele também servirá como visto de entrada na Rússia durante a competição e permitirá o uso de transporte gratuito no país.  

Há três tipos de ingressos: de partidas individuais, por sede ou por seleção. Os preços do ingressos estão divididos em quatro categorias. Na 1, a mais cara, os preços ficam entre US$ 210 (R$ 652) e US$ 1.110 (R$ 3.416). Na 2, os valores variam de US$ 165 (R$ 512) a US$ 710 (R$ 2.205). Na 3, os ingressos custam de US$ 105 (R$ 326) a US$ 455 (R$ 1.413). A categoria 4 é a mais barata, sendo disponibilizada para russos, com os ingressos custando de 1.280 rublos (R$ 69) a 7.040 rublos (R$ 380).

Além da anfitriã Rússia, outras sete seleções já estão classificadas para a Copa de 2018: Brasil, Irã, Japão, México, Bélgica, Coreia do Sul e Arábia Saudita. 

 

Agência Estado