PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Fifa apresentará condições para transferir dinheiro da Copa de 2014

01:30 | 14/09/2017

A Fifa vai apresentar à CBF uma nova proposta de contrato sobre as condições para transferir ao País cerca de US$ 100 milhões (R$ 311 milhões) que havia prometido como legado da Copa do Mundo de 2014. Uma delegação da CBF se reunirá com a entidade máxima do futebol em Zurique (Suíça) hoje. Mas a entidade brasileira admite que, apesar do novo contrato, dificilmente o dinheiro sairá neste ano.

Isso porque será preciso esperar o processo criminal contra os cartolas do futebol terminar nos Estados Unidos, especialmente contra José Maria Marin e o atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero. Advogados sugeriram à Fifa não repassar recursos para a entidade brasileira enquanto o caso não for julgado.

A questão do dinheiro não será o único ponto na agenda da reunião entre a CBF e a Fifa. Os brasileiros vão ainda pedir para a entidade reconhecer as licenças brasileiras aos treinadores, o que os permitiria atuar no exterior e inclusive na Europa.

A CBF acusa a Uefa de criar uma “reserva de mercado” ao impedir o reconhecimento dos certificados brasileiros. Por isso, a CBF tem buscado o reconhecimento na África e na Ásia, na esperança de criar uma pressão sobre a Fifa. 

 

Agência Estado