PUBLICIDADE
Jornal

Brasil tem chance de conquistar hoje dois novos cinturões do UFC

Em má fase no UFC, Brasil tem chance de conquistar dois novos cinturões da organização hoje, com Demian Maia e Cris Cyborg

29/07/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

O lance é espantar a zica, porque 2017 vem sendo um ano difícil para os brasileiros no UFC. Este ano, o País amargou derrotas nas quatro disputas de título que participou, com as derrotas José Aldo (perdeu cinturão do peso-pena), Wilson Reis (peso-mosca), Jéssica Bate-Estaca (peso-palha feminino) e Júnior Cigano (peso-pesado). Hoje, na badalada edição 214, em Anaheim (EUA), o Brasil tem oportunidade única de quebrar esse jejum e faturar dois cinturões de uma tacada só.

[QUOTE1]

Na divisão dos meio-médios, o paulista Demian Maia encara o atual campeão da categoria, o americano Tyron Woodley, no co-evento principal da noite. Esta é a segunda vez que o brasileiro disputa um título. Em 2010, enfrentou e perdeu por pontos para Anderson Silva na luta pelo cinturão dos médios. Mais maduro (39 anos) e vivendo a melhor fase na carreira, ele aposta todas as suas fichas no seu jiu-jitsu refinado para surpreender Woodley e colocar o País no topo da categoria pela 1ª vez na história.

[SAIBAMAIS]

Quem também sobe ao sobe ao octógono em busca de um título inédito é Cris Cyborg. A paranaense, que já foi campeã de outras duas organizações (Strikeforce e Invicta FC), enfrenta a americana Tonya Evinger pelo cinturão dos pesos-penas feminino. Invicta há 18 lutas e embalada por duas grandes vitórias por nocaute, Cyborg ostenta o maior favoritismo de todo o card do UFC 214, que é capitaneado pela disputa de cinturão dos meio-pesados entre Daniel Cormier e Jon Jones.


Se confirmadas, as vitórias de Cris e Demian voltariam a colocar o Brasil em posição de destaque no UFC, com três títulos. Atualmente, o País conta apenas com o cinturão dos pesos-galos feminino de Amanda Nunes, que tem defesa de cinturão marcada para 9 de setembro, contra Valentina Shevchenko, no UFC 215.


Atualmente, os Estados Unidos ocupam a posição de hegemonia, com seis campeões. Em seu melhor momento na organização, em 2012, o Brasil chegou a liderar quatro categorias, com Renan Barão, Júnior Cigano, José Aldo e Anderson Silva.

 

UFC 214

 

Data: 29 de julho

Local: Anaheim (EUA)

Horário: 19h30min

Transmissão: Canal Combate (pay per view)


CARD PRINCIPAL

Daniel Cormier x Jon Jones

Tyron Woodley x Demian Maia

Cris Cyborg x Tonya Evinger

Robbie Lawler x Donald Cerrone

Jimi Manuwa x Volkan Oezdemir

Bruno Balacó

TAGS