PUBLICIDADE
Jornal

Bonamigo faz mistério e pode mexer no time para enfrentar o Moto Club

07/07/2017 01:30:00

No último treino do Fortaleza antes da delegação embarcar para São Luís,-MA, realizado ontem, o técnico Paulo Bonamigo, fez mistério sobre a manutenção ou não do time que empatou em 1 a 1 com o Confiança-SE, na rodada passada.


Para encarar o Moto Club, amanhã, às 20 horas, no Castelão, no Maranhão, ele só tem por necessidade trocar o goleiro. Com Marcelo Boeck suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Matheus Inácio assume a meta do Leão.


Pelo coletivo de apronto realizado, Bonamigo não esboçou nenhuma alteração nos jogadores de linha, mas quando questionado se o time seria mantido, o treinador se esquivou.


“Eu não posso confirmar 100% porque futebol cada dia é muito dinâmico, é treinamento. A gente pensa em algumas alternativas, algumas situações que precisamos melhorar, em termos de marcação, de último terço de campo”, disse.


O treinador deu pistas, no entanto, de possíveis mudanças no grupo. “A equipe tá com volume de jogo, mas tá pecando um pouquinho no acabamento, então a gente pode trabalhar isso ainda, procurar outras alternativas, porque tem outros jogadores que têm se destacado e que já estão merecendo oportunidade”, completou.


Segundo o repórter Miguel Júnior, setorista do Fortaleza na Rádio O POVO/CBN, uma outra modificação pode ser a entrada do zagueiro Edimar. Se isso acontecer, Rodrigo Mancha tanto pode ir para o banco como ocupar a vaga de Anderson Uchôa, passando jogar de volante.


O time viaja hoje, às 10h30min, e ainda fará um trabalho recreativo em
solo maranhense.


CASO EVERTON


O meia Everton pode desfalcar o Fortaleza por 4 a 12 jogos, devido o lance de sua expulsão na partida contra o Sampaio Corrêa, dia 18 de junho, quando deu um pisão na perna esquerda de Diego Valderrama.


Everton foi denunciado no artigo 254-A, que quer dizer agressão, e será julgado na segunda-feira, 10, pela 1ª Comissão Disciplinar do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).


O julgamento está marcado para acontecer às 13 horas. Pela mesma partida, serão julgados também Hiltinho e Francisco Diá, atleta e técnico do Sampaio, respectivamente, mas por infrações menores. (Brenno Rebouças)

Adriano Nogueira

TAGS