PUBLICIDADE
Jornal

Diante da Argentina, Brasil sofre primeira derrota da Era Tite

Na estreia do técnico Jorge Sampaoli, Argentina impõe ao Brasil primeiro revés da Era Tite. Seleção volta a jogar na terça-feira, contra Austrália

10/06/2017 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1]
Tite sentiu ontem o dissabor de sua primeira derrota no comando da seleção brasileira. Em amistoso realizado em Melbourne, na Austrália, jogando sem muitos titulares, o Brasil perdeu para a Argentina por 1 a 0, com gol de Mercado.
[SAIBAMAIS] 

A partida serviu como teste para o treinador analisar alguns jogadores que buscam fazer parte do grupo que disputará a Copa do Mundo da Rússia, em 2018. O Brasil já está classificado.
 

Desde que Tite sucedeu Dunga, a seleção não sabia o que era perder. Foram nove vitórias seguidas.
 

O Brasil, que há quatro anos e meio não perdia para a Argentina, ficou com a bola, mas não anotou gols. Nos minutos finais da etapa inicial, aos 44, em uma bola de escanteio voltada para trás, Di María cruzou, Otamendi cabeceou na trave e, no rebote, Mercado marcou: 1 a 0. A seleção brasileira, então, foi ao intervalo perdendo, pois, embora tivesse bom volume de jogo, não ofereceu tanto perigo ao rival.
 

Tite não viu necessidade de mudar a seleção para a etapa final. Estava correto. Mas não contava com a ligeira melhora do adversário. O Brasil só acordou depois de sofrer alguma pressão. E teve pelo menos três boas chances de marcar, uma delas em um lance inacreditável, em que Gabriel Jesus driblou o goleiro e chutou na trave. No rebote, Willian encheu o pé para mandar novamente na trave.
 

A seleção era só ataque e tentava o gol de todas as maneiras. Foi criando boas jogadas e dominando a partida novamente.
 

A Argentina, que testava alguns jogadores, com Messi em campo até o fim — Neymar, seu companheiro de ataque no Barcelona, foi liberado para férias —, recuava. Fazia boa marcação e foi um dos responsáveis pela vitória.
 

Um bom começo para o time que ainda luta para se classificar para a Copa da Rússia e também para a estreia do treinador Jorge Sampaoli. E uma derrota para a história de Tite.


A seleção brasileira volta a campo na terça-feira, 13, para enfrentar a Austrália em novo amistoso em Melbourne. Depois disso, a comissão técnica vai à Rússia acompanhar a Copa das Confederações — o Brasil não participa da competição. (Com AE) 

 

AMISTOSO 0 x 1 

 

BRASIL
 

TÉCNICO:  TITE
 

4-1-4-1:

Weverson; Fagner (Rafinha), Thiago Silva, Gil e Felipe Luís; Fernandinho; Paulinho (Giuliano), Renato Augusto (Douglas Costa), Philippe Coutinho e Willian; Gabriel Jesus (Taison)
 

ARGENTINA
 

TÉCNICO: JORGE SAMPAOLI

4-4-2:
Romero; Mercado (Mammana), Otamandi, Maidana e José Gomez (Tagliafico); Biglia, Banega (Lanzini), Messi e Dybala (Guido Rodríguez); Di María e Higuaín (Correa)
GOLS: 44/1T - Em jogada de bola parada, Messi cobrou curto para Di María, que cruzou para Otamendi subir sozinho dentro da área. A bola explodiu na trave e voltou nos pés de Gabriel Mercado, que só empurrou para as redes.
Local: Cricket Ground, em Melbourne (Austrália)
Data: 9/6/2017
Árbitro: Hiroyuki Kimura (Japão)
Cartões amarelos: Maidana (ARG); Paulinho e Rafinha (BRA)
Público: 95.569 torcedores

TAGS