PUBLICIDADE
Jornal

Expectativa vira decepção

Com atuações distintas em cada tempo, Ceará começa vencendo, mas permite virada ao Santa Cruz e perde chance de terminar rodada no G-4

14/06/2017 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1]
No retorno para casa, pela Série B do Brasileiro, ontem, no Castelão, o Ceará acabou derrotado de virada pelo Santa Cruz, por 3 a 1. O elenco alvinegro teve queda de produção brusca de um tempo para o outro do jogo e saiu de campo vaiado. A vitória nesta partida valia um lugar no G-4.
[SAIBAMAIS] 

Se aproveitasse a pressão inicial, o Ceará poderia ter faturado a partida ainda na primeira etapa. Só Magno Alves teve duas chances claras. Na primeira, finalizada de letra, a bola passou lentamente em frente à meta até sair pela linha de fundo; na outra, um chute forte, dentro da área, o goleiro Júlio César defendeu. Com poucos passes errados pelo meio e boas investidas em velocidade pelas laterais, com Romário e Rafael Carioca na esquerda, o Vovô era presença constante no ataque. Mas, o gol saiu de bola parada, com Pedro Ken aproveitando sobra na área após escanteio.
 

O ímpeto do Ceará foi diminuindo e o Santa Cruz passou a ter mais espaço, mas terminou o tempo sem acertar finalização alguma.
O volume de jogo que o Vovô apresentara na etapa inicial foi do Santa após o intervalo. Mais rápido nas transições, o time coral deu trabalho à defesa alvinegra.
 

O maior mérito da equipe pernambucana, porém, foi ser cirúrgica. De quatro finalizações a gol, três entraram. Em 25 minutos, Léo Lima e Bruno Paulo já haviam virado o jogo.
 

Felipe Menezes, Pio e Arthur foram lançados por Givanildo para correr atrás do prejuízo. O meia abusou de errar passes, o volante teve pouco espaço para seus chutes, o atacante da base até ajudou. Quando Ricardo Bueno fez o terceiro do Santa, a tática foi esquecida e a pressão alvinegra foi desordenada e ineficaz. Ao fim do jogo, vaias da torcida. 

 

SÉRIE B 2017 1 x 3
 

CEARÁ


TÉCNICO:
GIVANILDO OLIVEIRA
 

4-4-2: Everson, Tiago Cametá, Rafael Pereira, Valdo, Romário; Raul, Richardson (Felipe Menezes), Pedro Ken (Pio), Rafael Carioca (Arthur); Roberto, Magno Alves

 

SANTA CRUZ
 

TÉCNICO: ADRIANO TEIXEIRA

4-3-3: Julio Cesar, Nininho, Jaime, Eduardo Brito, Roberto; Ely Carlos, Gino (Thiago Primão), Léo Lima (Augusto), André Luís (William Barbio); Bruno Paulo, Ricardo Bueno
GOLS: 27MIN/1T - Após cobrança de escanteio, Valdo escora de cabeça e Pedro Ken aproveita a sobra de bola para mandar para o gol; 17MIN/2T -léo Lima recebe passe na área e tocA de cobertura na saída de Éverson. Golaço para empatar o jogo; 25MIN/2T - após jogada individual de Thiago Primão, Bruno Paulo finaliza tirando de Everson e vira o jogo; 35MIN/2T - Augusto cruza da direita e Ricardo Bueno só desvia para o gol
 

Local: Castelão, em Fortaleza-CE
Data: 13/6/2017
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer e Felipe Alan de Oliveira
Cartões amarelos: Raul e Roberto (Ceará)
Público: 8.839 pagantes (9.539 total)
Renda: R$ 75.392,00  

 

BRASILEIRO - SÉRIE B


Londrina 1x1 Oeste
Guarani-SP 2x0 Paysandu
Náutico 1x2 Paraná
CRB 1x2 Vila Nova
Juventude 3x0 ABC
Goiás 4x1 Boa
Figueirense 2x2 Criciúma
Ceará 1x3 Santa Cruz
América-MG 1x1 Internacional
Luverdense 4x0 Brasil-RS

AMISTOSOS
Austrália 0x4 Brasil
Cingapura 0x6 Argentina
França 3x2 Inglaterra

BRENNO REBOUÇAS

TAGS