PUBLICIDADE
Jornal

Tite dá férias a alguns "europeus" e traz novidades na convocação

Tite dá férias a alguns astros "europeus" e lista de convocação para amistosos de junho na Austrália tem várias novidades

20/05/2017 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1]
Com novidades e com seis jogadores que atuam em clubes brasileiros, o técnico Tite convocou ontem a sua primeira seleção “para testes” desde que assumiu a equipe nacional. O Brasil enfrentará a Argentina e a Austrália, respectivamente nos dias 9 e 13 de junho, em Melbourne.

[SAIBAMAIS]
Dentre as surpresas estão o retorno do zagueiro David Luiz, que não era chamado desde a época de Dunga à frente da seleção, o lateral direito Rafinha, que chegou a ser cogitado para defender a Alemanha, e o atacante Taison, do Shakhtar Donetsk (Ucrânia).
 

Nesta convocação de 24 nomes também chamou a atenção a ausência de Neymar, que irá ganhar um descanso do time nacional depois de encerrar sua temporada no Barcelona apenas no próximo dia 27, na final da Copa do Rei contra o Alavés. Sem o atacante, Tite confirmou o retorno de Gabriel Jesus, que desfalcou a seleção nos últimos jogos das Eliminatórias por causa de uma fratura no pé e voltou bem no Manchester City.
 

Entre os que sairão de férias com o fim da temporada europeia e que também não figuram na lista estão o lateral esquerdo Marcelo e o volante Casemiro, ambos do Real Madrid, e o lateral direito Daniel Alves, da Juventus, que se enfrentarão na final da Liga dos Campeões.
 

“Os atletas que atuam na Europa, alguns não têm férias desde 2013, como Neymar e Daniel Alves”, lembrou o preparador físico Fábio Mahseredjian. Ele ressaltou que Neymar jogou no período de férias a Copa das Confederações (2013), a Copa do Mundo (2014), a Copa América (2015) e a Olimpíada do ano passado.
 

Outras novidades desta lista de Tite são o goleiro Diego Alves, do Valencia, o zagueiro Jemerson, do Monaco, e o lateral esquerdo Alex Sandro, da Juventus.
 

De clubes brasileiros, o técnico da seleção convocou o lateral direito Fagner e o meia Rodriguinho, do Corinthians, o meio-campista Lucas Lima, do Santos, o zagueiro Rodrigo Caio, do São Paulo, o atacante Diego Souza, do Sport, e o goleiro Wéverton, do Atlético-PR.

GRANDE FASE

Sob o comando de Tite, a seleção brasileira exibe aproveitamento de 100%. São oito vitórias em oito jogos seguidos nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, fato que proporcionou a vaga antecipada ao Mundial. Para completar, o treinador também contabiliza um triunfo em amistoso contra a Colômbia.


Neste período, iniciado em setembro do ano passado, o Brasil acumula 25 gols marcados e apenas dois sofridos. (AE)

 

A LISTA
GOLEIROS:
Diego Alves (Valencia-ESP), Weverton (Atlético Paranaense) e Ederson (Benfica-POR)

LATERAIS: Alex Sandro (Juventus-ITA), Fagner (Corinthians), Filipe Luís (Atlético de Madrid-ESP) e Rafinha (Bayern de Munique-ALE)

ZAGUEIROS: David Luiz (Chelsea-ING), Gil (Shandong Luneng-CHN), Jemerson (Monaco-FRA), Rodrigo Caio (São Paulo) e Thiago Silva (Paris Saint-Germain-FRA)

MEIO-CAMPISTAS: Fernandinho (Manchester City-ING), Giuliano (Zenit St.Petersburg-RUS), Lucas Lima (Santos), Paulinho (Ghangzhou Evergrande-CHN), Philippe Coutinho (Liverpool-ING), Renato Augusto (Beijing Guoan-CHN), Rodriguinho (Corinthians) e Willian (Chelsea-ING)

ATACANTES:
Diego Souza (Sport), Douglas Costa (Bayern de Munique-ALE), Gabriel Jesus (Manchester City-ING) e Taison (Shakhtar Donetsk-UCR) 

TAGS