PUBLICIDADE
Jornal

Fares Lopes também tem que ser prioridade para o Fortaleza

Para garantir presença na Copa do Brasil de 2018, Leão deve utilizar profissionais na Taça Fares Lopes

31/05/2017 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1]
Sem Copa do Nordeste em 2018, ano do centenário, o Fortaleza corre atrás do prejuízo financeiro e de competições. A meta principal é o acesso à Série B do Brasileiro, que além de aliviar uma cobrança que já dura oito anos, implicaria em cotas de TV para o clube.
Esse não é, no entanto, o único foco do Leão. Ficar fora da final do Estadual comprometeu a participação do Leão na Copa do Brasil 2018, competição que envolve premiações em dinheiro a cada fase.  

Sem garantia de entrar no torneio via ranking, o Fortaleza terá que vencer a Taça Fares Lopes para garantir presença. A inscrição na competição, criada em 2010 pela Federação Cearense de Futebol (FCF) para dar calendário a equipes que jogavam apenas o Campeonato Cearense, foi feita ontem, por e-mail.

OBRIGAÇÃO
De acordo com o estatístico Thiago Minhoca, hoje, pelo menos 15 clubes estão à frente do Fortaleza na lista de quem deve entrar na Copa do Brasil pelo ranking nacional. O regulamento prevê dez vagas por este critério a quem não está contemplado via competições estaduais — além das vagas aos times da Libertadores, aos campeões das copas Verde e do Nordeste e ao vencedor da Série B. 

 

O estatístico explica que como a competição teve uma fase a mais este ano, a CBF deve mudar a pontuação de quem caiu no primeiro jogo, mas ainda não divulgou a variação.
 

O certo é que entrar pelo ranking não será tão fácil. Portanto, ganhar a Taça Fares Lopes é obrigação. Ciente disso, o Leão deve jogar pesado, utilizando, inclusive, atletas do profissional. 


“Vamos buscar conciliar as duas competições. Os jogadores que na semana dos jogos não forem utilizados na Série C vão disputar a Fares junto com atletas de Sub-20, que vão estar se preparam para a Copa São Paulo”, explica o diretor de Futebol, Marcelo Paz.
 

“Vamos usar atletas profissionais desde que (isso) não atrapalhe na Série C”, decreta o dirigente. O comando técnico na Taça Fares Lopes deve ser do auxiliar de Bonamigo, Edson Gonzaga ou do técnico do Sub-20, Totonho, já que Daniel Frasson foi desligado do Fortaleza.
 

Com previsão de início para 13 de agosto, podem se inscrever no torneio clubes que disputaram as Séries A ou B do Campeonato Cearense. A disputa geralmente começa com fase de grupos e depois vai ao formato “mata-mata”. O Conselho Técnico está marcado para 13 de junho.

BRENNO REBOUÇAS

TAGS