PUBLICIDADE
Jornal

Revelação coral, zagueiro Túlio se diz cauteloso com especulações

Revelação do Ferroviário, zagueiro Túlio se diz cauteloso com especulações, revela sonhos para carreira e fala sobre o primeiro filho

28/04/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

O terceiro jogo entre Ferroviário e Fortaleza, na fase semifinal do Campeonato Cearense terminou sem gols, mas um lance valeu como um tento. Aos 21 minutos do segundo tempo, após boa jogada e chute de Everton, o zagueiro Túlio tirou a bola em cima da linha da meta, evitando o gol que poderia ter levado a decisão para os pênaltis.


Esse não foi, no entanto, o único momento em que o jovem atleta do Ferroviário chamou atenção. Na verdade, o lance memorável apenas reforçou o bom momento de Túlio.


Com apenas 22 anos, a revelação coral já carrega grandes responsabilidades. Uma delas é a de ser titular absoluto do Ferroviário. Em 14 jogos pelo Campeonato Cearense, ele só não foi titular em um, devido a suspensão.


Mesmo com atletas no elenco mais experientes para o setor, desde cedo ele ganhou a camisa 4. “Eu não esperava (ser titular), porque tinha muito zagueiro de fora, mas quem trabalha Deus ajuda, e eu trabalhei. Aí o Marcelo (Vilar) me deu o oportunidade e correspondi bem”.


Apesar do bom momento, Túlio diz que se mantém cauteloso. Nem os rumores de interesses de outras equipes — como o Vitória-BA — o empolgam mais que o necessário. “Nada concreto chega a mim, mas se tá tendo especulação é porque alguma coisa de bom estou fazendo. Meu foco agora é outro, é ser campeão cearense”, avisa.


Cria do Ferroviário, Túlio chegou à Barra do Ceará em 2013. Começou jogando como atacante, mas, sem sucesso, foi parar na lateral esquerda. A zaga só se tornou sua zona de atuação em campo devido à estatura.


Não vestiu qualquer outra camisa além da coral até o momento, mas já sabe exatamente a que quer vestir um dia. “Eu sonho em jogar na seleção. Acho que é o sonho de todo jogador brasileiro”, confessa, timidamente.


Para Túlio, o futebol também é a oportunidade de fazer mais: “Quero realizar meus sonhos, ajudou minha família, ajudar quem me ajudou”.

 

PATERNIDADE

Outra grande responsabilidade do jovem zagueiro está em casa. Em janeiro nasceu Thyller, primeiro filho do jogador. O atleta diz que o garoto, de apenas 3 meses, é uma inspiração para ele se doar ao máximo em campo, assim como sua esposa e restante da família. “Eles acompanham todos os meus jogos”, orgulha-se.

 

 

BRENNO REBOUÇAS

TAGS