VERSÃO IMPRESSA

Ferroviário garante vantagem

Mimi aproveitou chance nos acréscimos e assegurou empate em 1 a 1. Ferrão chega para a terceira partida jogando pelo empate. Para chegar à final, Fortaleza precisa ganhar no tempo regulamentar e nos pênaltis

01:30 | 10/04/2017
[FOTO1]

Gol do Ferroviário nos acréscimos empatou em 1 a 1 o jogo que se desenhava para vitória do Fortaleza. O resultado garantiu o terceiro jogo entre as equipes pela semifinal do Campeonato Cearense. Com vitória e empate, no confronto derradeiro o Tubarão tem a vantagem do empate. Caso o Tricolor ganhe o terceiro jogo, no dia 19, a vaga para a final será decidida nos pênaltis. O Leão, para chegar à final, precisa ganhar no tempo regulamentar e nas cobranças de penalidades.


Com as equipes nervosas, o início de jogo foi truncado. Aos 7 minutos, dois princípios de confusão entre os jogadores já haviam acontecido - ambos envolvendo Zé Carlos, que recebeu cartão amarelo e está fora do terceiro jogo.

[SAIBAMAIS]

Após jogada de Éverton, uma pancada de longe de Anderson Uchôa terminou no fundo das redes. O gol, que abriu o placar e renovou as esperanças do Leão, recebeu uma ajudinha do arqueiro. Mauro caiu atrasado e não chegou a tempo de impedir que a bola entrasse no canto direito. A jogada confirmou como positivas as mudanças no time feitas por Marquinhos Santos. Para deixar o Leão mais agressivo, o treinador reforçou o meio de campo, colocou Éverton na lateral, dando mais movimentação, e Zé Carlos mais à frente no ataque.


Mesmo atrás no placar e perdendo a vantagem conquistada no primeiro jogo, o Tubarão adotou postura pouco ofensiva, com exceção de poucos lances, e se contentava em aguardar por contra-ataques e jogadas de bola parada. No fim da etapa inicial, Mota foi agarrado por Heitor em falta que começou fora e adentrou a grande área. O árbitro, de costas, não marcou o pênalti e o time coral foi para os vestiários reclamando, com razão.


SEGUNDO TEMPO

Tendo falhado no primeiro gol, Mauro salvou o Ferrão da ampliação do placar. Após cruzamento na grande área do Ferroviário, Wesley bateu de primeira para defesa do goleiro. O que se seguiu foi um Fortaleza tentando administrar a vitória e o Tubarão, longe da atuação do primeiro jogo, sem imprimir ritmo ofensivo.

 

Em dividida de bola, Máxuell, que ficou apenas 8 minutos em campo, machucou o joelho esquerdo, no que pareceu uma lesão que pode tirá-lo dos próximos jogos. Ferroviário terminou a partida com um jogador a menos. Mimi sobrou sem marcação, recebeu cruzamento e deixou tudo igual no Castelão.


CAMPEONATO CEARENSE


FORTALEZA 1 - TIME (4-5-1): Marcelo Boeck; Pablo, Heitor, Max Oliveira e Éverton (Gaston); Rodrigo Mancha, Anderson Uchoa, Ronny (Felipe), Rodrigo Andrade (Gabriel Pereira) e Wesley; Zé Carlos. TÉCNICO: MARQUINHOS SANTOS

 

FERROVIÁRIO 1 - TIME (4-3-3): Mauro; Gustavo (Batata), Erandir, Moisés Lucas e Túlio; Jonathas, Léo (Valdeci) e Mimi; Mota, Assisinho (Máxuell) e Vitinho. TÉCNICO: VLADIMIR DE JESUS


GOLS: Aos 27 minutos do 1º tempo, Anderson Uchoa chuta de fora da área e aproveita falha de Mauro para marcar para o Fortaleza. Aos 48’ do 2º tempo, Mimi recebe cruzamento, chuta na trave e bola entra.

Data: 9/4/2017, às 16 horas

Local: Castelão

Árbitro: Léo Simão

Assistentes: Mardônio Ribeiro e Jailson Albano

Cartões amarelos: Erandir (Fer), Zé Carlos (For), Gustavo (Fer), Mimi (Fer),

Mota (Fer), Ronny (For), Max Oliveira (For), Anderson Ucha (For), Rodrigo Mancha (For)

Público: 10.346 pagantes (10.958 presentes)

Renda: R$ 98.540

 

TAGS