VERSÃO IMPRESSA

Sem Messi, Argentina perde pra Bolívia e se complica nas Eliminatórias

01:30 | 29/03/2017

Sem Messi e na altitude de La Paz, a Argentina não foi páreo diante da Bolívia e se complicou nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2018. Faltou fôlego e qualidade para a seleção de Edgardo Bauza, que caiu por 2 a 0 ontem diante dos bolivianos e deixou a zona de classificação direta para o Mundial. Os gols foram marcados por Juan Carlos Arce e Marcelo Moreno.
 

A derrota da Argentina começou a ser desenhada horas antes do apito inicial em La Paz, quando a Fifa decidiu suspender Messi por quatro jogos por ter insultado o árbitro assistente brasileiro Emerson Carvalho no duelo com o Chile, na quinta-feira passada.
 

E o time argentino deu mais uma prova do quanto sofre sem o craque. Nas Eliminatórias, já são quatro empates, três derrotas e apenas uma vitória quando Messi não atua. Com ele, o retrospecto é completamente diferente: cinco vitórias e somente uma derrota.
 

A Argentina tem 22 pontos. Já a Bolívia, com dez, está fora da briga por vaga no Mundial.
 

Quem voltou ao G-4 foi o Chile, ao derrotar a Venezuela por 3 a 1. O resultado só foi possível graças a uma atuação de gala de Alexis Sánchez, que marcou um gol e participou dos outros dois, além de ter criado inúmeras chances que seus colegas perderam.


Outra seleção bem perto da Copa é a Colômbia, que venceu o Equador por 2 a 0, em Quito, e foi aos 24 pontos. A partida entre Peru e Uruguai terminou após o fechamento desta edição.

ADRIANO NOGUEIRA

TAGS