VERSÃO IMPRESSA

Jogadores menos conhecidos lideram corrida pela artilharia do Cearense

Com jogadores menos conhecidos e mais baratos, clubes intermediários lideram a corrida pela artilharia do Estadual

01:30 | 07/02/2017
[FOTO1]

Nada de Fortaleza ou Ceará. Os goleadores do Campeonato Cearense vestem camisas mais modestas. Com seis gols marcados, Leilson, do Guarani de Juazeiro, está na ponta da artilharia do certame. Atrás dele, com um gol a menos, Maxuell, do Ferroviário.


O camisa 7 do Leão do Mercado marcou dois logo na estreia, diante do Horizonte (3 a 1), mais dois no empate diante do Tiradentes (3 a 3) e outros dois no último domingo, na goleada diante do Guarany de Sobral (5 a 2). Sozinho, ele é responsável por mais de 50% dos gols do rubro-negro de Juazero do Norte. Por causa de Leilson também, o Guarani-J tem o melhor ataque do Estadual. São 11 gols marcados em cinco partidas disputadas.


Nessa mesma quantidade de jogos, Maxuell deixou sua marca cinco vezes. O “samurai” balançou as redes duas vezes diante do Fortaleza (2 a 2), uma contra o Uniclinic (2 a 2) e mais duas na vitória sobre o Guarany de Sobral (2 a 1). Sem os gols dele, o Tubarão só teria dois tentos anotados no Estadual.


Dentre os atacantes de Ceará e Fortaleza, o que mais se aproxima dos dois são os tricolores Gabriel Pereira e Lúcio Flávio, porém com apenas dois gols marcados cada, ocupando modesto 7º lugar na lista de artilheiros. Já no elenco do Vovô, nenhum atleta marcou mais que um gol no Estadual, por isso nem aparecem na lista divulgada pela Federação Cearense de Futebol.

 

SITUAÇÃO SEMELHANTE

O Campeonato Cearense está apenas na 5ª rodada da 1ª fase, é verdade, mas começar na ponta é importante.

 

Desde 2013 que o artilheiro do Estadual não sai de outro clube que não Ceará e Fortaleza. O último foi Giancarlo, pelo Ferroviário, com 19 gols. Coincidentemente, naquele mesmo campeonato jogadores de Leão e Vovô também passaram longe. Assisinho, na época pelo Fortaleza, foi apenas o 13º da lista de artilheiros, com sete gols, enquanto Lulinha, pelo Ceará, foi o 14º, com seis.


Ano passado, Anselmo precisou de 11 gols para ser o artilheiro do Estadual. Já Rafael Costa, com seis tentos, a mesma quantidade que Leilson tem hoje, foi o 3º artilheiro do certame.

 

ARTILHARIA


Leílson (Guarani-J): 6 gols

Maxuell (Ferroviário): 5 gols

Edson Cariús (Uniclinic): 4 gols

Ítalo (Guarani-J): 3gols

Luiz Carlos(ex-Guarany-S): 3gols

Allef (Tiradentes): 3 gols

Gabriel Pereira (Fortaleza): 2 gols

Lúcio Flávio (Fortaleza): 2 gols

Carlos Alberto (Guarany-S): 2 gols

Caio Acaraú (Horizonte): 2 gols

BRENNO REBOUÇAS

TAGS