VERSÃO IMPRESSA

Confrontos de torcidas se repetem

01:30 | 23/01/2017
 Episódios de embate entre torcidas organizadas voltaram a ocorrer, antes e depois do Clássico-Rei de ontem, dentro e fora do estádio. Pelo menos um policial militar ficou ferido em um dos confrontos. Até o fechamento desta matéria, não havia informações sobre prisões em decorrência de casos violência.

 

Antes da partida, o policial Marcione Braga, lotado no Comando Tático Motorizado (Cotam), tentava conter uma briga entre torcedores rivais, próximo ao Terminal do Antônio Bezerra, quando foi atingido no braço por um artefato explosivo de fabricação caseira. Ele teve ferimentos leves, foi atendido no Instituto Doutor José Frota (IJF) e recebeu alta.


Outra ocorrência de briga generalizada foi registrada nas proximidades do Terminal da Parangaba, que também foi contida após a intervenção da PM. Casos isolados de confrontos e atos de vandalismos também foram contabilizados no entorno da Arena Castelão, mesmo com a diferença de 30 minutos entre a saída das torcidas. A Delegacia do Torcedor, porém, registrou apenas três TCOs por uso de drogas. (Thiago Paiva)



ADRIANO NOGUEIRA

TAGS