PUBLICIDADE
Jornal

Sou filho de Fátima

13/05/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]
A minha relação com o dia 13 de maio vem desde o meu primeiro sopro de vida. É com orgulho que minha mãe fala sobre a alegria de saber que o primogênito nasceria no dia 13, dia dedicado à Nossa Senhora de Fátima. Quando você nasce numa família católica, numa cidade do Interior (no meu caso, Campos Sales), aniversariar a 13 de maio é uma graça divina.

 

Desde pequeno, o dia 13 é dedicado a agradecer aos pés de Nossa Senhora de Fátima. De participar da procissão com o andor da Virgem pelas ruas, entoando “A 13 de maio na Cova da Iria”, e de sempre rezar pedindo a intercessão da Mãe antes de partir o bolo. Lembro bem que aos 10 anos o presente de aniversário dos meus pais foi uma imagem de Nossa Senhora de Fátima, a qual tenho comigo até hoje. Não são poucos os amigos que sempre se lembram do meu aniversário, graças à Nossa Senhora de Fátima. Alguns defendem que eu deveria me chamar “Fátimo”. Nessas horas, eu respondo com um sorriso, feliz de ser lembrando por meio da Mãe de Fátima.


Neste ano, a festa do dia 13 tem um caráter particular. Tenho dois motivos para comemorar. São três décadas de vida e um século da primeira aparição em Fátima. E como todo 13 de maio, é dia de acordar cedinho, participar da missa às 5 horas da manhã na igreja de Fátima e me juntar a milhares de filhas e filhos de Fátima que, assim como eu, sentem muita felicidade em chamá-lá de “Mãe”.

 

SAIBA MAIS


1. A TRADIÇÃO: Em Fortaleza, a tradição de se comemorar a primeira aparição de Nossa Senhora de Fátima começou em 1952, quando a imagem peregrina da santa visitou a capital cearense pela primeira vez. Foi o que mostrou O POVO em 14/5/1992. Na falta de um local apropriado, onde os fiéis pudessem ver a imagem vinda de Portugal, foi escolhido o terreno onde hoje estão a Igreja de Fátima, o Colégio Santo Tomás de Aquino e a Praça Pio IX. Após a repercussão da festa, o dono do terreno, o empresário Pergentino Ferreira, doou a área para se reerguer a Igreja de Fátima, cuja construção foi iniciada em 1955. A Igreja de Fátima completará 62 anos em setembro deste ano.


2. A ESTÁTUA: A estátua de Nossa Senhora de Fátima, na Praça Pio IX, em frente à Igreja, foi inaugurada em 13 de maio de 2008. À época, houve um dia inteiro de comemorações. É um trabalho do artista plástico Franciner Macário Diniz. A imagem tem 15 metros de altura: 1,5 metro de base, 13 metros da santa e 0,5 metro da coroa. Foi montada sobre ferro, brita, cimento e gesso.


3. AS CELEBRAÇÕES DO DIA 13: Em todo dia 13, as missas na Igreja de Fátima, na avenida 13 de Maio, são celebradas nos seguintes horários: às 5 horas, 6 horas, 7h30min, 9 horas, 10h30min, 12 horas, 14 horas, 15h30min, 17 horas e 18h30min. Nos dias 13 de maio e 13 de outubro, há procissão saindo da Igreja de Nossa Senhora do Carmo, no Centro, até a Igreja de Fátima. Na chegada, é celebrada a última missa do dia: às 20h30min.

 

Adriano Nogueira

TAGS