VERSÃO IMPRESSA

Nordestão e primeira liga: os fortes entram em ação

01:30 | 24/01/2017

[FOTO1]
Chegou a hora que o torcedor cearense mais esperava. Não que o Campeonato Estadual seja irrelevante, mas a tradição e o glamour da Copa do Nordeste e o tom de briga de gigantes da Primeira Liga tornam estes torneios os mais importantes e atrativos do primeiro semestre. As competições, que juntas reúnem alguns dos principais times do País, prometem confrontos bem disputados, boas premiações financeiras e muita emoção.
 

Aclamada nos últimos três anos como campeonato que mais chama atenção no primeiro semestre, o Nordestão começa com um concorrente em potencial em 2017.
 

Com mais clubes e não se prendendo apenas às regiões Sul e Sudeste do País, a Primeira Liga se apresenta como um torneio que pode vir a cair no gosto do torcedor em geral e preencher o vazio que o Campeonato Brasileiro deixa durante os primeiros meses do ano. Com clássicos regionais, duelos entre camisas importantes do futebol brasileiro e chance de projeção nacional para os ditos menores, tem as ferramentas necessárias para isso.
 

No entanto, a “Lampions League” conta com algo que a Primeira Liga ainda corre atrás: solidez. Desde que passou a ser organizada pela Liga do Nordeste e voltou a contar com a chancela da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em 2013, a Copa do Nordeste ganhou credibilidade, visibilidade e rentabilidade. Consequentemente, maior retorno aos clubes.
 

Neste guia, O POVO apresenta os 20 times da Copa do Nordeste, com destaque para Fortaleza e Uniclinic, e também os 16 participantes da Primeira Liga, com foco no Ceará. Além disso, traz balanço financeiro do que cada equipe pode faturar nas duas competições. Um resumo com projeções do que vai rolar nas próximas semanas. Se elas irão ou não se confirmar, depende do seu time.


André Almeida
andrealmeida@opovo.com.br

TAGS