PUBLICIDADE
Notícias

Fortaleza nerd

| CULTURA POP | Oficinas, debates e games marcam os espaços da cultura pop no Festival Vida&Arte

01:30 | 13/06/2018
NULL
NULL
[FOTO1] 

Dos quadrinhos ao streaming, da literatura ao RPG: há sempre espaço para ser ocupado pela cultura pop. Com nomes de peso no mercado nacional e importantes produtores de conteúdo cearenses, o Festival Vida&Arte será o centro de convergência desse universo.

 

Oficinas, painéis de debate, Encontro de Blogueiros e até espaço para jogos de tabuleiros - haverá uma verdadeira dimensão paralela dentro do festival. Para isso, o coordenador de projetos do Grupo de Comunicação O POVO, Jimmy Lucas, distribuiu a curadoria dos eventos a partir de uma lógica mercadológica na cultura pop, levando em conta também a importância de abrir espaço para discussões necessárias e que provoquem reflexão.

 

Dessa forma, o Festival Vida&Arte recebe dois dos mais importantes nomes da literatura fantástica no País: Eduardo Spohr, da saga A batalha do apocalipse, e Leonel Caldela, autor de O código élfico. Do Ceará, os escritores Kamile Girão e Rodrigo Passolargo, além do quadrinista Daniel Brandão, estarão presentes. Marcelo Hessel e Aline Diniz, do canal Omelete, e Davi Rocha, do Bacontástico, também entram na lista.

 

O coração da curadoria, conta Jimmy, é o Fortaleza do RPG (ForPG), “um evento dentro do evento”, organizado pela Vila do RPG e que acontece sempre entre os painéis e workshops, de sexta a domingo. Ao todo, cerca de 60 pessoas fazem a cultura pop acontecer no Festival.

 

Representatividades

Co-diretora da Vila do RPG, a psicóloga Neyla Moreira exalta a importância de garantir espaço para a diversidade em grandes festivais. “Nós, mulheres, estamos na batalha por espaço. Não é só o meio geek que pode ser considerado machista, é quase unanimidade, porque a gente vive em uma sociedade patriarcal”, afirma Neyla, que discutirá a participação das mulheres no cenário geek no painel Girlpower no universo nerd. “A gente não pode desistir. É preciso se inserir e mostrar que há mulheres para que outras se sintam seguras em fazer parte. Isso abre caminhos”.

 

Jimmy destaca a importância das convidadas mulheres em um Festival de alcance nacional. “O trabalho da Kamile Girão, por exemplo, é tão importante quanto o do Eduardo Spohr; Neyla Moreira é tão importante quanto a Mikan (youtuber). É uma bandeira que estamos levantando. São trabalhos que precisam ser admirados”, defende ele.

 

“Queremos oferecer, além de entretenimento, formas das pessoas entrarem nesse mundo profissionalmente. E queremos ir além: falar o papel das minorias, o contexto do cinema, de como séries que mudaram o mercado de consumo. Discutir diversidade no mundo nerd e evidenciar o papel do negro, da mulher e do gay nesse contexto”, conclui Jimmy, ampliando o universo de seleção da curadoria.

 

Alguns destaques

 

1 Entre os painéis e workshops, o público poderá conferir o ForPG (de 22 à 24, das 14h às 20 horas), espaço para RPG, boardgames e cardgames.

 

2 Workshop de produção profissional de conteúdo para YouTube (dia 22, às 20h30min), oficinas de histórias em quadrinhos (dia 22, às 15h30min) e literatura fantástica

 

3 Com mediação de Deidiane Piaf, Encontro de Blogueiros reúne nomes locais e nacionais para discutir a inserção do público LGBTQI no mundo do entretenimento (dia 23, às 17h30).

 

4 Painéis sobre crítica de cinema na era dos super-heróis (dia 23, às 12 horas), séries de TV (dia 24, às 12 horas), podcast (dia 24, às 18h30min), literatura fantástica nacional (dia 23, às 21 horas), diversidade (dia 22, às 20h30min) e mulheres no meio nerd (dia 24, às 16 horas).

 

TAGS