PUBLICIDADE
Jornal

EDITORIAL

Hoje o Ceará é um dos centros de conexão de voos do Brasil com o Exterior. Esse status é gatilho para outros investimentos no Estado. Logicamente, há uma dependência do cenário econômico nacional, mas o setor de aviação é importante eixo de crescimento.

No ano passado, já com a operação da nova concessionária do Aeroporto de Fortaleza em atuação, a Fraport, desde janeiro de 2018, e o hub da Air France-KLM/Gol, desde maio do mesmo ano, foram 85% mais voos internacionais ante 2017. O maior salto registrado entre as capitais brasileiras.

A aviação regional também viu resultados. As negociações para voar para os aeroportos do Interior se intensificaram. Jericoacoara passou a ter mais investimentos. Aracati ganhou o olhar do empresariado e hoje inaugura voo da Azul, vindo de Recife.

E é neste contexto dos rumos do Estado a partir do desenvolvimento dos voos que O POVO apresenta o projeto transmídia Aviação Ceará em forma de caderno impresso, webdoc, site especial, entrevistas, matéria na rádio O POVO CBN, live e debate. Os conteúdos das plataformas se complementam, trazendo novas visões sobre o segmento aéreo no Ceará e as expectativas de futuro.

TAGS