PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Governo anuncia R$ 219 milhões para recuperação de estradas cearenses

| INFRAESTRUTURA | Frentes de trabalho atuarão em 59 trechos de rodovias estaduais. As obras devem ser finalizadas em dezembro

06/07/2019 00:19:44
(Foto: )

Com a situação crítica em diversas rodovias estaduais, o Governo do Estado do Ceará anunciou a recuperação de 1.739 quilômetros (km) de estradas, divididos em 59 trechos. As obras estão orçadas em mais de R$ 219 milhões, provenientes do Tesouro Estadual, e devem ser concluídas em seis meses. De acordo com a nova Superintendência de Obras Públicas (SOP), o trabalho será iniciado na próxima semana, em 22 trechos, com diversas frentes distribuídas em cinco lotes regionais, que contemplam 86 municípios.

"Cada caso é um caso. Cada estrada tem uma concepção diferente", explica o titular da SOP, Quintino Vieira. Seis construtoras executarão serviços de sinalização, pavimentação e revestimento asfáltico. Quintino explica que a maior dificuldade de executar esse projeto é a ocorrência de chuvas.

A estratégia do governo teria sido, então, aguardar o fim da quadra chuvosa para iniciar as intervenções. "Recuperar estrada durante situações de chuva é jogar dinheiro fora", afirmou o Governador Camilo Santana, nesta sexta-feira, 5, durante assinatura da ordem de serviço.

Em abril, o governador anunciou, em uma live no Facebook, que o investimento para a recuperação das rodovias seria de R$ 150 milhões e que, além do fim do período de precipitações, era preciso aguardar um estudo da situação das vias, elaborado pelo Departamento Estadual de Rodovias (DER) - fundido em maio com o Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE) na atual SOP.

Para o professor Jorge Soares, do Departamento de Engenharia de Transportes da Universidade Federal do Ceará (UFC), o Estado precisa concluir a atualização de normas utilizada em projetos para evitar problemas que se repetem a cada ano, como deformação permanente do asfalto, danos devido a água, trincamentos.

"A normativa da área de estruturas viárias está sendo atualizada pelo DNIT. O Ceará ainda não atualizou. É importante que o faça. Hoje tem várias normas já aprovadas que poderiam ser utilizadas pelo Estado que ainda não são. Existe uma discussão, mas ainda não foi implementado", afirma Soares.

O plano de recuperação se dará em diferentes frentes de trabalho. O objetivo é dar mais celeridade aos trechos que oferecem maiores riscos de acidente ou prejuízos econômicos aos municípios, afetando, por exemplo, o turismo. É o caso da rodovia CE-085, acesso a diversas cidades do Litoral Oeste, como Paracuru e Jijoca de Jericoacoara, ou da CE-040, acesso ao Litoral Leste. "Estou pedindo para priorizar, por exemplo, a CE-085, que é uma estrada turística, importante para o Estado, que tem o tráfego para o Porto do Pecém", garantiu Camilo.

 

Clique na imagem para abrir a galeria

219

mi é o investimento total das obras. A verba é proveniente do Tesouro do Estado, segundo o governador Camilo Santana.

1.731

km é a extensão total de estradas a ser recuperada no plano do Governo do Estado. Ao todo serão 59 trechos contemplados pelas intervenções em 86 municípios cearenses.

Isaac de Oliveira

TAGS