PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Prefeitura vai anunciar série de obras para todos os bairros e concessão de terminais

Fortaleza. PMIs e editais

17/04/2019 02:35:02

Durante a inauguração do Data Center Angonap, da Angola Cables, ontem, na Praia do Futuro, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), anunciou que até o fim de seu mandato quer entregar diversas intervenções. Obras em todos os bairros e concessões serão realizadas.

Até maio, a Prefeitura deve lançar um pacote de investimentos públicos municipais envolvendo obras de pequeno, médio e grande porte.

"Alguns investimentos em parceria com o Estado e principalmente financiamentos internacionais. Fizemos reunião com todos os vereadores para levantar demandas, sugestões, fizemos reunião com todos os secretários regionais. Vamos terminar o Orçamento e fechar esse pacote para lançá-lo", acrescentou o prefeito.

Sem valor fechado, as intervenções serão para praças, Areninhas, pavimentação de ruas e avenidas, construção e reforma de creches, escolas, além de obras de mobilidade e saúde. "(Para) algumas já vamos lançar o pacote com licitações e outras com expectativa de prazo. Todas elas começam neste ano".

Segundo o secretário de Governo da Prefeitura de Fortaleza, Samuel Dias, desde 2013 iniciou-se um ciclo de em que a Prefeitura vem trabalhando em pensar novos projetos para a Cidade. "Ao longo dos anos foram amadurecidos projetos e outros já entregues".

Ele destacou que em dois anos, investimentos em saneamento, drenagem e pavimentação foram anunciados e são da ordem de mais de R$ 550 milhões para serem iniciados no segundo semestre. O investimento é recorde, que supera em quase três vezes o anterior, realizado entre 2013 e 2016, com valor na casa dos R$ 200 milhões.

"Todo concentrado nas áreas mais periféricas e vulneráveis da Cidade, como Bom Jardim, Jangurussu, Palmeiras, Passaré", disse.

O Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) iniciado pela Prefeitura para concessão dos terminais de ônibus também é outro ponto prioritário para a Gestão, revela Samuel Dias.

"Por meio dele será possível investir na ampliação dos principais terminais que ainda não requalificados a custo zero para Prefeitura, pela exploração do valor imobiliário desses terminais. A Prefeitura vai se desonerar dos custos de operação", explicou.

Ainda de acordo com o secretário, o prazo inicial é que até o primeiro semestre de 2020 a Prefeitura conceda a administração dos terminais e sejam iniciadas as obras de melhorias estruturais. Em até 60 dias empresas podem enviar manifestações de interesse à gestão municipal.

SAMUEL PIMENTEL