PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Vagas de empregos no interior mais que triplicam

| CEARÁ |

08/04/2019 02:24:28

Os postos de emprego no Interior do Ceará mais que triplicaram (308,3%) entre os anos de 1997 a 2017. É o que revela o estudo sobre o Mapa do Emprego no Ceará 2018, realizado pelo Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), nesses 20 anos. Já a capital Fortaleza e a Região Metropolitana (RMF) apresentaram um aumento de 209,5% no período.

Segundo o estudo, mesmo apresentando um crescimento menor que o Interior nessas duas décadas, Fortaleza e RMF concentraram, em 2017, dois terços dos 1.464.948 postos de empregos do Estado. Desse estoque, 51,4% eram ocupados por trabalhadores com ensino médio e 20,8% por profissionais com ensino superior completo. Os homens eram maioria dos empregados, com 55,1% do mercado.

O estudo traz ainda o quantitativo de empregos gerados no Ceará por categoria, de acordo com a Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do Ministério do Trabalho. Setores como comércio e administração pública cresceram 4,5% e 3,3% em 20 anos, respectivamente. Com pequena queda, os setores de serviços, com 33,1% dos empregos, e indústria de transformação, com 15,4%, ainda possuem papel importante.

Os setores com mais empregos no Ceará são os das áreas de serviço, administração Pública,comércio, indústria de transformação e construção civil.

Na área de serviços, por exemplo, o segmento apresentou o maior estoque de empregos formais em restaurantes e outros estabelecimentos, como alimentação e bebidas, que contam com 34,3 mil empregos, o qual corresponde a 7,1% do total de vagas.

Já na administração pública, o setor é destaque como o segundo maior empregador do estado do Ceará (404,4 mil empregos).

TAGS