PUBLICIDADE
Jornal
SÃO BENEDITO, SOBRAL, IGUATU E CRATEÚS

Estado vai investir em quatro aeroportos; projetos começam em 2020

Ontem, os voos comerciais do Aeroporto Regional de Canoa Quebrada Dragão do Mar deram início as operações no Estado

27/02/2019 00:04:09
AEROPORTO de Canoa Quebrada recebe o primeiro voo comercial com batismo
AEROPORTO de Canoa Quebrada recebe o primeiro voo comercial com batismo

Após o início dos voos comerciais no município de Aracati (a 170 km da Capital), o Governo do Estado investirá em infraestrutura aeroportuária em outros quatro municípios cearenses. São eles: São Benedito, Sobral, Iguatu e Crateús. Parte dos empreendimentos deve sair do papel em 2020. Ontem, o Aeroporto Regional de Canoa Quebrada Dragão do Mar recebeu a primeira das três frequências semanais que serão operadas pela Azul Linhas Aéreas.

A aeronave usada é de modelo ATR 72-600, com capacidade para transportar até 70 passageiros. Os voos ocorrerão às terças, quintas e domingo. Outras duas frequências extras devem atender à demanda do Carnaval, na sexta-feira (1º) e quarta-feira (6). O Aeroporto de Canoa foi inaugurado ainda em 2012, mas realizava apenas voos particulares.

O incentivo fiscal foi fator de atração para a Azul apostar no mercado. Em dezembro último, o Governo estadual reduziu em 64% a base de cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) somente para empresas que fossem para o Interior e realizassem, no mínimo, três voos semanais com destino aos aeroportos de Jericoacoara, Juazeiro do Norte ou Aracati. "A redução do ICMS foi fundamental", disse Ronaldo Veras, assessor da Presidência da companhia.

O governador Camilo Santana (PT) informou que pretende ampliar os incentivos para tornar os destinos mais atrativos. "Estamos estudando e, em breve, vamos anunciar uma política de voos regionais no Ceará", disse ontem. "Estamos pensando novos voos com aeronaves menores para outros aeroportos no Interior. É a nossa estratégia, estamos trabalhando aí os voos de Crateús".

Segundo ele, Sobral está entre as prioridades dos investimentos. No entanto, deverá ser construído um novo terminal. Isso porque a aérea atual não permite ampliação por questões ambientais. O projeto já está sendo discutido com a Secretaria Nacional de Aviação. "Onde ele está não há capacidade para receber aeronave nem de médio porte", afirmou.

O secretário do Turismo do Estado, Arialdo Pinho, destacou que a meta é conectar os municípios cearenses à Capital e outros estados para a descentralização da economia por meio do turismo e viagens de negócios. "É um projeto nosso de tornar acessível todo o Estado. Primeiro foi Jericoacoara, agora está sendo toda essa região de Canoa Quebrada, depois vai ser a São Benedito, Sobral, Iguatu".

Ele lembrou que já foram aprovados R$ 30 milhões via Governo Federal para Sobral e disse que "até agosto, setembro estará rodando a linha Sobral - Fortaleza". Ponderou, no entanto, que ainda é preciso avaliar os investimentos e subsídios.

(Foto: )

PORTAS ABERTAS

A aracatiense aposentada Maria Liduina, 64, foi ver de perto o aeroporto abrir oficialmente as portas. Ela conta que não imaginou que veria um terminal aeroportuário na Cidade. A esperança de Maria é que venha mais gente, o turismo ganhe mais fôlego e traga mais renda e emprego.

 

BRUNA DAMASCENO