PUBLICIDADE
Jornal

Preços de passagens para destinos carnavalescos variam até 509%

A oscilação mostra que é preciso planejamento financeiro. O POVO pesquisou valores

11/01/2019 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1]No calendário, a folia começa apenas em março, mas o blocos já estão nas ruas puxando os pré-Carnavais e os foliões já aquecem o segmento de turismo em busca de promoções para os destinos mais procurados: Olinda (Recife), Rio de Janeiro, Ouro Preto (Minas Gerais) e São Paulo. O POVO pesquisou os preços ida e volta de bilhetes aéreos partindo de Fortaleza e observou uma diferença de preço de até 509%. Em alguns casos, compensa viajar para o Exterior, mesclar os transportes ou mesmo comprar o pacote completo.

[SAIBAMAIS]A consulta de preços foi realizada nas companhias aéreas: Avianca, Azul, Gol e Latam. Para Recife, onde ocorre o tradicional desfile de bonecos ao som do frevo, em Olinda, o melhor preço está de R$ 1.077,95 (Azul). Já para Salvador, a diferença chegou a 211%, entre a menor e a maior cifra. Pela Gol, o destino sai por R$ 1.113,36. Quem quiser ir assistir às escolas de samba no Rio de Janeiro, terá de desembolsar, no mínimo, R$ 1,230,08.

A cidade mineira de Ouro Preto está entre os destinos agitados mais baratos, se for considerado o preço da Avianca, cotado a R$ 630 para o Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte. São Paulo também teve custo interessante de R$ 593 (Latam). O valor tem diferença de 509% ante o bilhete pela Azul, por exemplo.

Algumas agências de turismo praticam valores competitivos. O que pode ser uma boa alternativa para quem também quer economizar tempo e dinheiro. A CVC, por exemplo, tem ofertas de aéreo e hospedagem para o Rio de Janeiro por R$ 1.922. Já a CVC oferece os mesmos serviços por R$ 932 para São Paulo.

Para quem está no aperreio e não abre mão da festividade, o ônibus é a saída para os destinos mais próximos, como Recife. Foi de olho nesse turista com o orçamento mais reduzido que a empreendedora Kylvia Katyuscia fez a Agência Loucos por Folia, há 10 anos.

Ela abarca o nicho de mercado que busca por hospedagens mais em conta, como repúblicas e o transporte terrestre. O carro-chefe, explica, é Olinda. "Neste ano vão 10 ônibus. Oito já estão com as vagas fechadas". A empresa tem opções só da locomoção por R$ 350 ida e volta, pacotes com hospedagens também em hotel, incluindo traslado Recife-Olinda e guia turístico por R$ 1.200.

O professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e pesquisador em finanças pessoais e comportamentais, Érico Veras, acredita que a chave da economia é pesquisar e antecipar a compra. "Quem quiser viajar, tem de começar logo a conferir os preços. O ideal é acompanhar nos sites e aproveitar a melhor oferta. Tudo vai ficando mais caro quando se aproxima da data", indica.

PESQUISA 

As simulações foram feitas com partida em 1º de março e retorno para a Quarta-feira de Cinzas, 6. Alguns preços eram promocionais. Os valores tendem a oscilar.

QUEIXAS 

A Latam foi a companhia aérea que recebeu o maior número de reclamações de passageiros ao longo do terceiro trimestre de 2018, segundo a Anac.

BRUNA DAMASCENO

TAGS