PUBLICIDADE
Jornal

Opções de compras para caber no bolso do folião

economia

11/01/2019 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO2]

O professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e pesquisador em finanças pessoais e comportamentais, Érico Veras, avalia que não existe um modelo certo para economizar. O planejamento é caminho reduzir os custos. "A melhor opção é a que se encaixa no recurso que a pessoa tem disponível. É importante lembrar que, no começo do ano, há muitos gastos, como materiais escolares, IPTU, IPVA etc", recomenda.

 

O ideal é pesquisar. "Hoje em dia há muitos sites que dispõem de cotações. As agências também são interessantes, mas é preciso considerar o que o consumidor busca", explica. Também é necessário ter cuidado com os parcelamentos e verificar se não há juros embutidos. Outra dica é ficar de olho nas promoções de companhias aéreas que acontecem na madrugada.

 

O corretor de imóveis Diego Roger, 32, adotou uma estratégia econômica para passar os carnavais em Olinda, onde curte há quatro anos. Ele conta que já foi de carro particular, ônibus e avião. "Vale muito a pena ir de ônibus e comprar uma passagem aérea para a volta, que é mais cansativa", detalha a experiência. 

 

Ele destaca como vantagem a interação com outros foliões. "Além de ser mais barata, a ida é legal no ônibus porque a gente acaba conhecendo a turma, já vai entrando no clima", avalia.

 

Para conseguir preços melhores na passagem aérea, ele diz que escolhe sempre um dia após a Quarta-feira de Cinzas. "É difícil encontrar na quarta e sai mais em conta", complementa.

 

Experiência

[FOTO1]

O corretor de imóveis Diego Roger, 32, curte o carnaval em Olinda há quatro anos. Após algumas experiências, ele encontrou um jeito mais econômico e divertido de aproveitar a folia. Planeja a compra com antecedência e mescla os transportes aéreo e terrestre para equilibrar o preço e o cansaço.

 

TAGS