PUBLICIDADE
Jornal

14 novos hotéis e resorts devem se instalar no Ceará, com investimento superior a R$ 2 bilhões

| Turismo | Para este ano, está prevista inauguração do Carmel Taíba e da Casana

23/01/2019 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1]

O aumento do número de voos internacionais tem atraído os olhares do setor hoteleiro para o Ceará. Pelo menos 14 empreendimentos devem se implantar no Estado nos próximos 15 anos. Os investimentos superam a marca de R$ 2 bilhões.

[SAIBAMAIS]

Dentre as novas redes a entrar no Estado está a holding espanhola Globalia, detentora da aérea Air Europa, hotéis Be Live, operadoras de turismo como a TravelPlan e redes de viagens como a Halcon Viajes e a Viajes Ecuador. O secretário estadual do Turismo, Arialdo Pinho, participou nesta semana de reunião com a direção do grupo, em Madri, para acertar detalhes não apenas da nova rota Fortaleza-Madri, mas também de um novo hotel. O local ainda não está definido, mas a ideia é que seja no regime all inclusive (comida, bebida e hospedagem em uma tarifa).

 

Dados da Setur dão conta que, em 2018, o número de leitos no Ceará chegou a 99,2 mil. Quase 33,7 mil a mais que há dez anos (65,5 mil). E esta é uma variável que tende a crescer com a popularização dos aplicativos de hospedagem e novos hotéis.

[FOTO2] 

Em Jericoacoara, o grupo Bonelli transformou uma casa antiga, que era  conhecida pelo acervo de obras de arte do antigo proprietário, na pousada Toca do Senador na Vila, de 12 quartos, inaugurado há duas semanas. O espaço deve passar por uma reforma para chegar a 26 leitos. "Vamos fazer isso depois que inaugurar o outro projeto, que é um hotel maior, de cem quartos, também na vila de Jeri, com restaurante panorâmico, uma réplica da nossa barraca Alchymist, centro de eventos e spa", afirma o empresário Giorgio Bonelli.

 

A previsão é que em dois anos o novo hotel fique pronto. as unidades somam R$ 37 milhões. Nos próximos quatro anos, ele diz que pretende instalar um hotel, com foco em turismo de negócios, em Caucaia, estimado em R$ 40 milhões.

 

Para o segundo semestre deste ano estão previstas as inaugurações do Casana, boutique hotel de luxo, na praia do Preá, próximo a Jeri, e o Carmel Taiba Exclusive Resort, na Taíba, em São Gonçalo do Amarante.

 

Dentro do conceito de propriedade compartilhada, no qual são vendidas frações dos imóveis aos usuários, devem chegar ao Ceará nos próximos anos o Hard Rock Fortaleza, em Lagoinha (Paraipaba), e o The Coral, na praia de Guajiru, em Trairi. O primeiro, com investimento de R$ 170 milhões, está com 67% das obras executadas. O segundo chega pelas mãos do grupo internacional incorporador Bric, com sede na Holanda.

 

O Beach Park também confirmou para este ano as construções do primeiro dos cinco resorts, em Aquiraz. Tudo fica pronto em quinze anos. O complexo, turístico que inclui também dois parques temáticos, está estimado em R$ 1,6 bilhão.

 

O presidente da rede hoteleira portuguesa Vila Galé, Jorge Rebelo de Almeida, anunciou, ano passado, que tem planos de criar mais um resort da marca, desta vez, na praia do Preá. Hoje, no Ceará, o grupo está na Capital e em Cumbuco.

Irna Cavalcante

TAGS